Comissão Própria de Avaliação

A CPA – COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO – é um órgão instituído pelo SINAES – Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – formado por diferentes membros, representantes dos vários segmentos da comunidade acadêmica e da sociedade civil, responsável por implantar, organizar e articular o processo de Autoavaliação Institucional, nos termos da Lei Federal 10.861/2004.

Os instrumentos de autoavaliação desenvolvidos pela CPA, periodicamente, aplicados aos alunos, docentes, funcionários e gestores, constituem importantes ferramentas e subsídios para o planejamento acadêmico, com o objetivo de melhorar, sempre, a qualidade da formação do ensino superior, da produção do conhecimento e da extensão.

A análise dos dados colhidos nesses instrumentos oferece um diagnóstico da rotina universitária, dos pontos fortes e das eventuais fragilidades da instituição de tal forma que permita verificar o cumprimento da missão e das políticas institucionais, bem como os setores e áreas a merecer adequado investimento institucional,  tomada de decisões, sinalizando os aspectos que requerem aprimoramentos contínuos da qualidade acadêmica.

Os resultados dos instrumentos avaliativos são divulgados na comunidade acadêmica e apresentados, obrigatoriamente, ao Ministério da Educação, por meio de relatórios anuais, e seus índices são expressos quantitativa e qualitativamente.

A autoavaliação é uma atividade que abrange todas as Instituições de Ensino Superior do país, e mostra-se como um imperativo ético e participativo, pois engloba variadas dimensões definidas pelo SINAES:

  • Missão, Plano de Desenvolvimento Institucional;
  • Políticas para o Ensino, a Pesquisa, a Pós-graduação e a Extensão;
  • Responsabilidade Social da Instituição, considerada especialmente no que se refere à sua contribuição em relação à inclusão social e ao desenvolvimento econômico e social;
  • Comunicação com a sociedade;
  • Políticas de pessoal, de carreiras do corpo docente e corpo técnico-administrativo e as condições de trabalho;
  • Organização e Gestão da Instituição;
  • Infraestrutura física, especialmente a de ensino e de pesquisa, biblioteca, recursos de informação e comunicação;
  • Planejamento e avaliação, especialmente em relação aos processos, resultados e eficácia da autoavaliação institucional;
  • Políticas de atendimento aos estudantes;
  • Sustentabilidade financeira.

Enfim, a CPA contribui para o desenvolvimento de processo de auto conhecimento, de autocritica, numa perspectiva construtiva, ética e dialógica.

Setor de Avaliação

A Avaliação Institucional é considerada atividade de suma importância para o desenvolvimento e aperfeiçoamento contínuos do UNISAL, posto que uma Gestão de Qualidade é constitutiva da Identidade da instituição. A Avaliação Institucional consta, ainda, dos principais documentos norteadores do UNISAL, como o “Plano de Desenvolvimento Institucional-PDI”, a “Identidade” e as “Políticas” das Instituições Universitárias Salesianas, em âmbito mundial. Por isso, o UNISAL assume a Avaliação Institucional como um elemento indispensável, à medida que ela permite o acompanhamento de todas as atividades e inspira ações de melhoria. Desde a constituição do UNISAL existe uma Comissão Própria de Avaliação, com representação dos diversos setores da comunidade educativa, que é responsável pela condução do processo de autoavaliação.

Desde a sua implementação existe a efetiva participação de toda a comunidade acadêmica nos processos de autoavaliação do UNISAL. Os alunos avaliam docentes, disciplinas e aspectos gerais da instituição, como infraestrutura e serviços. O corpo docente avalia a coordenação e os mesmos aspectos gerais avaliados pelos alunos. Os funcionários avaliam suas condições de trabalho.

As divulgações têm sido as mais amplas possíveis, ocorrendo em diversas instâncias. Os resultados de avaliações de disciplinas são consolidados por docente, por turma, por série, por curso, por Unidade e geral. Os resultados individuais dos docentes são divulgados somente a eles e a seus superiores. Todas as outras consolidações são amplamente divulgadas: o aluno recebe o resultado de sua turma, de seu curso, de sua Unidade e do UNISAL, visualizando os gráficos afixados em sala de aula. O coordenador recebe os resultados de seu curso, da Unidade e do UNISAL e assim por diante. Os diretores, pró-reitores e o reitor recebem um CD com a consolidação de todos os dados. A divulgação das outras avaliações segue a mesma lógica, ou seja, os resultados são divulgados às partes interessadas, guardando-se sigilo ligado à questões éticas.

Consolidou-se no UNISAL a proposta idealizada pela Comissão Própria de Avaliação indicando que os membros dos fóruns constituíssem grupos permanentes de qualidade, recebendo os resultados de todas as avaliações, cuidando de sua interpretação articulada em parceria com a CPA e da implementação das ações, atuando de forma parcialmente independente dos colegiados (seriam subconjuntos destes), cabendo a estes últimos a aprovação das ações sugeridas pelos grupos de qualidade. Os grupos enviam as informações a respeito das ações adotadas para registro da CPA.

Integrantes

O papel da CPA – Comissão Própria de Avaliação é incentivar, assessorar e registrar a ação dos Grupos de Qualidade. Devido ao processo contínuo e participativo de trabalho, busca-se garantir que os resultados das avaliações sejam interpretados e utilizados da melhor maneira possível pelos próprios avaliados. A CPA é composta por membros representantes das comunidades atuantes no UNISAL, tanto internamente quanto externamente. São eles:

Amanda Cristina de Souza Bueno – representante do Corpo Discente – Americana/MA
Ana Maria Melo Negrão – representante da Sociedade Civil
Antônio Carlos Miranda – representante do Corpo Docente – Americana/MA
Daniel Martins Brandão e Fernandes – represesntante do Corpo Discente – São Paulo/Santa Teresinha
Daniela de Araujo Vasconcelos – representante do Corpo Técnico-Administrativo – São Paulo/Reitoria
Eliezer Regolin – representante do Corpo Técnico-Administrativo – Lorena/São Joaquim
Marcos Alex Pinheiro Silva – representante do Corpo Discente – Campinas/São José
Mário José Dias – representante do Corpo Docente – Lorena/São Joaquim
Mike Preter Alves – representante do Corpo Discente – Lorena/São Joaquim
Odair Alberto Selin – representante do Corpo Técnico-Administrativo – Campinas/Liceu
Odyr Domingos Leite da Cunha – representante da Sociedade Civil
Vaniria Tozato – representante do Corpo Técnico-Administrativo – Americana/MA
Pedro Roberto Grosso – Presidente – Americana/MA
Vicente Nogueira Filho – representante do Corpo Docente – São Paulo/Santa Teresinha
Wanessa Carla Gazzoni – representante do Corpo Docente – Campinas/São José



Boletim da CPA


Este boletim mensal tem como objetivo informar toda a comunidade acadêmica sobre as discussões temáticas, diretrizes e, principalmente, ações
realizadas pela CPA e pelas Unidades de ensino, na busca constante da melhoria da qualidade da instituição.

Unidades

Infraestrutura

  1. Biblioteca

  2. Laboratórios

  3. Auditórios