Unisal - Centro Universitário Salesiano de São Paulo Imprensa

livro regina e ivan

 

A Professora do Curso de Mestrado em Direito Regina Vera Villas Bôas e o professor Ivan Motta lançaram “Manuais Instrumentais Para Graduação”. O livro é fruto da experiência pessoal dos dois profissionais, formados pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, voltado primordialmente aos estudantes do Direito, sendo uma primeira leitura em seus estudos acadêmicos na área penal.

“Pensamos que o principal objetivo de um professor é despertar o entusiasmo dos alunos nas disciplinas ministradas. Entendemos que não deve ter ele a pretensão de esgotar o assunto – missão impossível em nossa realidade estudantil. Procuramos reunir neste trabalho os três ingredientes básicos ao exercício de uma profícua atividade docente: conteúdo a ser transmitido, didática na realização das atividades acadêmicas e experiência acumulada”, revelam os autores.

Com linguagem acessível, inclui desde assuntos simples até casos complexos, como imputação do resultado típico à conduta, dupla natureza jurídica do cumprimento de deveres e do exercício de direitos, elemento subjetivo nas excludentes da ilicitude, concurso aparente de normas e outros temas necessários à condução do discente ao efetivo aprendizado.

Sobre os autores:

Ivan Martins Motta – Doutor, Mestre e Bacharel em Direito pela PUC-SP. Professor da Faculdade de Direito da Fundação de Ensino para Osasco – FIEO, ministrando aulas de Direito Penal no Programa de Graduação, de Teoria Geral do Crime e Teoria Geral da Pena no Programa de Pós-Graduação Lato sensu e de Dogmática Penal como Instrumento para a Efetivação dos Direitos e Garantias Fundamentais no Programa de Pós-Graduação Stricto sensu. Professor do Programa de Graduação da Faculdade de Direito da Universidade São Judas Tadeu (USJT). Ex-Diretor, Ex-Vice-Presidente e Membro do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais – IBCCRIM.

Regina Vera Villas Bôas: Possui Pós-Doutorado em Democracia e Direitos Humanos pela Universidade de Coimbra (Ius Gentium Conimbrigae, Portugal). Bi-Doutora em Direito Civil e Direitos Difusos e Coletivos e Mestre e Bacharel em Direito pela PUC-SP. Professora e Pesquisadora nos Programas de Graduação e Pós-Graduação Lato e Stricto sensu na PUC-SP, coordenando os Projetos de Pesquisas “Direito, Complexidade e Risco” e “Fundamentos e Efetividade da Tutela dos Direitos”, e integrante do Projeto de Pesquisa “Direito Minerário”. Professora e Pesquisadora no Programa de Mestrado em Concretização dos Direitos Sociais, Difusos e Coletivos no UNISAL Lorena, integrando o Grupo de Pesquisas “Minorias, Discriminação e Efetividade de Direitos” e o Observatório de Violência nas Escolas (UNESCO-UNISAL). Membro das Comissões de Direito Civil e da Pessoa com Deficiência da OAB/SP. Avaliadora do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais.

O livro pode ser adquirido por R$114,70 (versão impressa) e R$79,90 (versão digital) em https://www.jurua.com.br/shop_item.asp?id=25856

.

Comentários desativados


.

Confira o conteúdo destacado pelo Ministério Público de São Paulo em 11/08/17.

Dez, com louvor. Assim se manifestou a banca examinadora do promotor de Justiça Gianfranco Caruso, após a apresentação de sua dissertação de mestrado em Direito pelo UNISAL Lorena sobre “A Tutela dos Interesses Coletivos da Infância e da Juventude: o Papel do Ministério Público na Estruturação e Articulação da Rede de Proteção”. “O trabalho tem todas as qualidades formais e, sobretudo, trata de temas fundamentais”, disse o Procurador-Geral de Justiça Gianpaolo Smanio, integrante da banca. “Trouxe para mim muitas reflexões”.

O orientador de Caruso, o promotor de Justiça Jaime Meira do Nascimento Júnior (integrante do núcleo Vale do Paraíba no Grupo de Atuação Especial de Defesa do Meio Ambiente – Gaema), viu méritos no trabalho que devem levar, inevitavelmente, à edição de um livro, opinião compartilhada pela professora Maria Aparecia Alckmin. Também integrante da banca, a professora destacou a importância da presença de Smanio no UNISAL pelo cargo que ocupa e pela relevância de sua produção jurídica.

Depois da defesa do trabalho, acompanhada no dia 10/8 em Lorena pelos promotores de Justiça Felipe Wermelinger Caetano e Celso Augusto Werneck de Rezende, Caruso elencou uma série de pessoas que contribuíram para que ele chegasse à condição de mestre, incluindo membros da comunidade acadêmica, do Ministério Público e da sua família. Ana Carolina Caruso, esposa do promotor, ouviu pessoalmente o agradecimento, que emocionou a todos os presentes. Enquanto isso, a graduanda de Direito Mariana, aluna de Gianfranco Caruso, informava por Whatsapp a todos os colegas da turma como o professor havia se saído ao trocar o papel de avaliador pelo de avaliado. Dez, com louvor.

No dia da visita, os veículos de comunicação Rede Aparecida e TV Novo Tempo também entrevistaram o promotor Gianpaolo. Confira  a reportagem da TV Novo Tempo: https://www.youtube.com/watch?v=ixVFGqn0UEs

FONTE ORIGINAL: https://goo.gl/9oXZqC

 

 

 .

Comentários desativados


.“Os ativos intangíveis têm assumido um papel importante no desenvolvimento das empresas. E a marca, reconhecida como a principal entre esses ativos, tem papel primordial na gestão, pois impacta a captação de recursos”, revela o Professor Wagner Godoi, docente no UNISAL Lorena, sobre seu livro recém-lançado ”Avaliação de Marcas no Terceiro Setor”. A leitura é fundamental para entidades sem fins lucrativos, pois demonstra a aplicação de um método de mensuração do valor de marcas em uma instituição de terceiro setor, analisando as informações gerenciais extraídas e seus impactos em uma fundação privada. Mais informações sobre a obra e como comprá-la podem ser consultadas no site da editora Novas Edições Acadêmicas - https://goo.gl/kKcj1L - ou pela Morebooks: https://goo.gl/qkL2vc.

 .

Comentários desativados