UNISAL realiza Colóquio sobre Cidadania e Condição Humana

Publicado em: 14/06/2019

Colóqui-dos-Núcleos-Unisalst-05-06-2019 (22)O Centro Universitário Salesiano de São Paulo – UNISAL, Unidade São Paulo, Campus Santa Teresinha, realizou em 05 de junho de 2019, o Colóquio dos Núcleos de Educação em Direitos Humanos, Educação das Relações Étnico-Raciais e Educação Ambiental. Com a temática inspirada na Campanha da Fraternidade de 2019, Fraternidade e Políticas Públicas, o Colóquio foi intitulado “Cidadania e Condição Humana: reflexões a partir de temas socialmente transversais” e contou com 50 pessoas, entre alunos e professores do UNISAL.

Participaram da mesa redonda, os professores Prof. Dr. Alexandre de Paula Franco, Prof. Esp. Luciano Roberto de Castro Munari, Prof. Esp. André Afonso de André e o Prof. Dr. Antonio Wardison C. da Silva, Pró-reitor de Extensão, Ação Comunitária e Pastoral do UNISAL, mediador deste debate.

Para o Prof. Dr. Alexandre de Paula Franco, “a experiência do Colóquio sobre os Temas Transversais em Educação no Campus Santa Teresinha mostrou-se como mais uma oportunidade para lançarmos luz sobre a importância de que estes temas recebem tal tratamento, não porque se configuram como disciplinas ou conteúdos escolares ou acadêmicos, mas, essencialmente, pela razão de serem transversais na vida de cada um de nós. Esta compreensão nos apoia na percepção de que a condição humana está diretamente ligada à sustentabilidade ambiental, a valorização da multiculturalidade, e a preservação de direitos humanos, favorecendo a busca e a construção de uma sociedade mais justa e mais fraterna, que supere os cenários perversos da banalização da violência, da indiferença a desigualdade, e do abandono da verdadeira cidadania”.

Colóqui-dos-Núcleos-Unisalst-05-06-2019 (14)“Acredito que esse evento possibilitou compartilhamento de um trabalho científico que apresenta uma iniciativa inovadora de associar a educação sociocomunitária e a cartografia social. Abriu possibilidades para que os participantes imergissem, com outros olhares, na realidade do cotidiano com perspectivas de entendimento do que são os seres humanos e daquilo que representa a dignidade da vida, fundamentos dos direitos humanos”, afirmou o Prof. Luciano Roberto de Castro Munari, um dos participantes da Mesa Redonda.

Prof. André Afonso de André completou: “observei que os debates a respeito das temáticas apresentadas propiciaram para os nossos alunos valiosa oportunidade de reflexão acerca de questões atuais e latentes na sociedade atual, de modo que a valorização e a defesa intransigente dos direitos fundamentais do homem passam pelo reconhecimento das problemáticas socioeconômicas e se caracterizem como vetores da modelagem do processo de construção da cidadania brasileira”.