Nova turma inicia Pós-Graduação em Música Litúrgica no Campus Pio XI

Pós-Graduação_Extensão Música Litúrgica_Turma I_2018

Deu-se início em 2 de julho, na terra da garoa, o tão sonhado curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Música Litúrgica, promovido pelo Centro Universitário Salesiano de São Paulo – UNISAL e pelo Centro de Liturgia Dom Clemente Isnard. Com 26 alunos de diversas localidades do grande Brasil e entre cantos e orações, a jornada foi preludiada pela acolhida da Prof. Elza Helena de Abreu, Coordenadora do Centro de Liturgia, Pe. Inácio, Coordenador do curso de Teologia e Diretor Financeiro do UNISAL – Unidade São Paulo/Campus Pio XI, o Prof. Márcio Antônio de Almeida, Coordenador do curso de Música Litúrgica, e demais colaboradores da instituição. Concomitantemente ocorrem, no mesmo local, os cursos de Pós-Graduação em Liturgia e em Espaço Litúrgico: Arquitetura e Arte Sacra.

Como bons brasileiros, os presentes não poderiam deixar de fora a partida da nossa seleção na Copa do Mundo, assistida com entusiasmo no auditório principal. Como proposto pelo Coordenador do curso para cada início de sessão, foram apresentadas diversas peças musicais. O Prof. Joêzer Mendonça deu a entonação de sua disciplina, História do Rito Cristão Cantado I, levando em conta a diversidade cultural presente em classe. Em seguida, com alegria e disposição, houve o ensaio de cantos para os momentos orantes, previsto para todos os dias letivos.

Devido à presença de alguns presbíteros nos cursos, após o ensaio foi celebrada a Eucaristia. Como última atividade do dia, o Prof. Eurivaldo Silva – que presenteou o curso com o empréstimo de seu teclado, no intuito de proporcionar momentos lúdicos em sala de aula – introduziu sua disciplina de Prática Pastoral da Música na Comunidade Cristã.

Durante a semana, seguindo a proposta do curso, houve muita alegria e aprendizado com as aulas de Técnica Vocal e Canto, ministradas pela Prof.ª Michelle Girardi. Para trabalhar o importante e singular instrumento musical que é a voz, foram produzidos muitos sons para o desenvolvimento de habilidades vocais. E fora da sala de aula a convivência foi tomando expressões de comunhão e partilha, com a apresentação cultural-musical no refeitório, com os demais estudantes dos cursos locais. Aos poucos, houve também a participação nos momentos de oração propostos pela programação geral.

A jornada alcançou maior exigência, e também grande riqueza de conteúdos, com a paixão e disposição do Prof. Luiz Fernando Silva. Sua disciplina de Percepção Musical mexeu com os ânimos e com a criatividade da turma, que pôde elaborar diversas composições musicais. Nem mesmo a derrota da seleção brasileira na Copa do Mundo desmotivou a turma de seguir em frente com o aprendizado. Coube até um pequeno momento musical nos corredores do Instituto, para aquecer a noite paulistana. Assim foi vivida a primeira semana do curso.

Por Gustavo Ávila e Fr. Rogério Constantino, OFM