10 mar

Vale News (Prefeitura e Cemaden lançam projeto ‘Lorena Resiliente’)

.Vale-news-10-03-2016-lo

Em mais uma importante parceria, a prefeitura de Lorena e o Cemaden (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais), realizaram o encontro “Café Mundial”, para debater ações de proteção e melhoria das condições ambientais, sociais e econômicas do nosso município, com o objetivo de reduzir os riscos e efeitos de desastres naturais.

O encontro faz parte do projeto Lorena Resiliente, que visa promover o diálogo e a colaboração entre os diversos atores da sociedade do município, instituições de ensino superior, escolas, entidades da sociedade civil, colegiados e diferentes esferas do governo.

Durante a abertura do evento, o prefeito Fábio Marcondes salientou os benefícios trazidos para a cidade desde o início da parceria com o Cemaden. “Hoje, firmamos um acordo de cooperação técnica com o Cemaden, e não há como iniciar os trabalhos sem agradecer ao centro de monitoramento pelos oito pluviômetros doados, já instalados em nossa cidade. A administração municipal ressalta a preocupação e os investimentos nos trabalhos de prevenção a desastres naturais. Exemplo disso, é a execução das obras do PCAP (Plano de Capacitação de Águas Pluviais), um investimento de mais de R$2 milhões em infraestrutura para nossa cidade”, afirma Fábio.

Presente no evento, a coordenadora de articulação institucional do Cemaden, Regina Alvará ressaltou a importante da resiliência em situações de desastres naturais. “Uma cidade resiliente é aquela que tem a capacidade de resistir, absorver e se recuperar de forma eficiente dos efeitos de um desastre. Lorena, apesar de possui poucas áreas consideradas de risco, mostra que está à frente de muitas cidades, e que está preocupada com a proteção da população neste aspecto. Ficamos felizes pela parceria e pela seriedade que o município tem tratado esta temática”, disse.

Também fizeram o uso da palavra, o secretário municipal de segurança, capitão Elton; o pesquisador, coordenador substituto de operações e modelagem do Cemanden e coordenador do projeto Lorena Resiliente, Dr. Giovanni Dolif; o professor sacerdote salesiano do Unisal, Padre Mário Bonatti; a responsável pelo projeto Cemaden Educação, Rachel Trajber.

O evento aconteceu na última quarta-feira, no Unisal, com a participação de membros da secretarias de Segurança Pública, Saúde, Meio Ambiente, Educação, Defesa Civil municipal e regional, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, COMMAM, representantes de universidades da cidade e sociedade civil.

Fonte: Vale News

.

Comentários

0 Comentários

Os comentários estão fechados.

Leia Também