Biblioteca do UNISAL: mais acessível com piso tátil

Publicado em: 29/11/2019

Medida atende a Lei de Acessibilidade e beneficia comunidade acadêmica

Biblioteca – Unidade Lorena

A biblioteca do Centro Universitário Salesiano de São Paulo — UNISAL, Unidade Lorena, buscando estar cada vez mais adequada e acessível aos alunos, inaugurou no mês de novembro o piso tátil, que serve de orientação e suporte às pessoas com deficiência (PCD) visual.

Foram instalados 68 metros do piso, um projeto coordenado pela Professora Patrícia Pereira, do UNISAL, e que contou, também, com o apoio do colaborador/gestor da Manutenção, e do aluno Alison Reis.

O objetivo do UNISAL é ser cada vez mais acessível para todas as pessoas, como é a tradição das instituições salesianas: de portas abertas para toda a comunidade.

Outro fator importante, é o cumprimento da Lei de Acessibilidade. Criada em dezembro de 2000, a norma estabelece critérios que promovam a facilidade de acesso tanto de pessoas com deficiência, quanto com mobilidade reduzida.  

Umas das recomendações é eliminar barreiras e obstáculos que impeçam ou limitam o acesso e a circulação nos espaços. Embora o piso tátil seja uma nova conquista para o espaço, rampas de acesso já fazem parte da biblioteca há muito tempo.

Além do piso tátil e das rampas, a biblioteca também possui títulos em braille, audiolivros, balcão de atendimento rebaixado, rampas e corrimão. Com a assinatura da Biblioteca Virtual Universitária, nossos alunos podem obter o acesso de qualquer lugar, desde que logado no Portal, também com a opção Text to speech.

Nos terminais também há o Software NVDA:  uma plataforma de código aberto de leitura para sistema operacional que auxilia as pessoas com deficiências visuais, ao descrever os itens em tela do computador por meio de audiodescrição.

Segundo a gestora da biblioteca, Ana Corrêa, as instituições, de uma maneira geral, precisam estar atentas com essas demandas.

“Se a gente quer ser acessível de verdade, devemos oferecer serviços e produtos acessíveis às pessoas. As bibliotecas não ficam foram desse universo, afinal, a leitura é muito democrática e ainda continua sendo uma das principais ferramentas de inclusão das pessoas”, avalia Ana.

Piso tátil de alerta x piso tátil direcional

O piso tátil de alerta tem círculos em alto relevo que servem de alerta para obstáculos à frente. Ele é instalado no início e término de escadas e rampas, em frente à porta de elevadores ou em rampas de acesso às calçadas e recomenda que a pessoa pare, para que não se machuque.

O piso tátil direcional serve para orientar o trajeto. Ele possui linhas em alto relevo para direcionar o caminho já que a pessoa deficiente visual nem sempre anda em linha reta. Geralmente é utilizado em locais amplos sem ponto de referência que seja detectado com a bengala, como vias públicas, espaços abertos e corredores.