Aluno do UNISAL visita a NASA em projeto de pesquisa

Publicado em: 23/05/2019

O estudante de Educação Física usa experiência dos astronautas para compreender e aplicar a prática de exercícios físicos no controle dos níveis de estresse

IMG_20190315_024216_840

 

Roberto Nobre Ferraz Neto, aluno de Educação Física no Centro Universitário Salesiano de São Paulo – UNISAL, Unidade Campinas, Campus Liceu Salesiano, conheceu, em fevereiro deste ano,  a National Aeronautics and Space Administration (NASA), agência espacial norte-americana. A visita fez parte do processo de desenvolvimento de seu projeto de pesquisa, que propõe a “Análise de aspectos psicológicos e qualidade de vida em astronautas da NASA”.

De acordo com o estudante, sua pesquisa visa compreender e aplicar a prática de exercícios físicos no controle dos níveis de estresse, como é o caso dos astronautas, profissionais que precisam lidar com as mais imprevisíveis adversidades. O projeto, então, abriu a oportunidade para o estudante  visitar o Kennedy Space Center, centro espacial na Ilha Merritt, na Flórida, onde são lançados os veículos espaciais da NASA, a agência espacial norte-americana.

“As áreas relacionadas à Educação Física estão em constante atualização graças às pesquisas realizadas e aos novos olhares multidisciplinares da área. Desde quando ingressei no curso de Educação Física do UNISAL, tive o interesse pela área da saúde e pesquisa”, conta Roberto, que está no 8º semestre. 

Além de toda a base recebida ao longo do curso, o aluno tornou-se membro do Grupo de Estudos em Psicologia do Esporte e Neurociências, da Unicamp, ampliando as possibilidades de aprendizado, com a união de teoria e prática.

No Kennedy Space Center, Roberto conheceu de perto áreas restritas do complexo, como os locais de lançamentos, o simulador sensorial, além de conversar com astronautas, ter contato com pedras lunares, ver robôs que irão para uma missão em Marte e participar de uma simulação de lançamento na central de comando.

Ao finalizar a pesquisa, ele espera que seja possível melhorar a qualidade, a produtividade e as maneiras de lidar com as adversidades que surgem no trabalho como astronauta. 

“Em uma grande amostra, podemos observar que os exercícios físicos têm efeito positivo sobre a saúde mental. Alguns tipos de exercícios e treinamentos podem trazer resultados mais interessantes do que outros, e são justamente eles que desejamos compreender melhor neste trabalho, para que mais pessoas possam se beneficiar”, finaliza.