Projeto Ecoeletrônico é premiado no ENANGRAD

ecoeletrônico_enangrad - 25 a 28.08 (1)Em 26, 27 e 28 de agosto o Prof. Dr. Moacir Pereira representou o UNISAL Campinas / Campus São José ao participar do XXVIII Encontro Nacional dos Cursos de Graduação em Administração – ENANGRAD, realizado na Escola Nacional de Administração e Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV/ENAE) em Brasília-DF. Ele apresentou o “Projeto Ecoeletrônico: Transformando seu resíduo em sustentabilidade para formação de estudantes de Administração e Logística”.

O ENANGRAD, que trata de metodologias inovadoras de aprendizagem e suas relações com o mundo do trabalho, além dos desafios para a transformação de uma cultura é um evento consolidado na área da graduação em Administração, no qual mantenedores, reitores, diretores, coordenadores, pesquisadores, professores e estudantes tem a oportunidade de trocar experiências e discutir ações para melhorar continuamente o padrão de qualidade do ensino de Administração e Gestão no Brasil.

No evento, o representante do UNISAL apresentou um trabalho desenvolvido com a Profa. Dra. Wanessa Carla Gazzoni e que mostra a importância do descarte correto de equipamentos eletroeletrônicos em geral e evitar prejuízos ao homem, à flora e à fauna. O referido artigo relata a experiência do projeto que foi iniciado em março de 2016 e que contou com o apoio dos Alunos do Curso Superior de Tecnologia em Logística. O desenvolvimento do projeto foi estruturado tendo como base o Problem Based Learn (PBL), metodologia de ensino que propõe a transmissão de conhecimento (logística reversa, sustentabilidade, preservação do meio ambiente) praticada pelos alunos tanto quanto pelos professores, em uma constante troca de experiências e saberes.

As atividades de coleta propostas pelo trabalho de Moacir e Wanessa foram divulgadas em todo o Campus, envolvendo colaboradores, comunidade e corpo discente. Como símbolo do projeto, empregou-se uma caixa coletora confeccionada a partir de tubos reciclados de creme dental. O alcance do projeto foi tão grande que, ao final do ano de 2016 foram recolhidos 223 celulares, 66 mouses, 241 alimentadores de energia para celular, 143 fontes de energia para desktop, entre outros materiais. Tais resultados fundamentaram a decisão de tornar o projeto uma ação permanente no UNISAL Campinas / Campus São José.

A apresentação das experiências vivenciadas no ENANGRAD foi um sucesso. Com os objetivos e resultados apresentados, o trabalho garantiu a aprovação da banca e também foi destacado como melhor artigo científico na temática de Sustentabilidade Socioambiental. A premiação foi anunciada em um jantar especial, com direito a troféu e certificado de mérito.