O Seminário

O “Seminário Internacional de Metodologias e Tecnologias aplicadas ao Ensino” abrange várias áreas do conhecimento. O objetivo é capacitar professores de diferentes níveis de ensino e ser um momento de troca de experiências e aprendizado.

O Brasil precisa enfrentar, nos próximos anos, o desafio de tornar excelente a formação dos estudantes, futuros profissionais, e, para isso, capacitar os professores estimulando-os a mudar suas atitudes em sala de aula, utilizando metodologias ativas de ensino e tecnologias que favoreçam o aprendizado.

Há diretrizes no MEC para que as Instituições de Ensino Superior (IES) qualifiquem seus processos de ensino-aprendizagem e fortaleçam seus elos com o sistema brasileiro de ensino fundamental e médio. O seminário discutirá e capacitará professores para que possam iniciar um processo de inovação acadêmica, contribuirá para a educação brasileira, reunindo especialistas nacionais e estrangeiros em metodologias ativas e tecnologias aplicadas ao ensino.

O UNISAL – campus Lorena – possui, desde 2004, o Núcleo de Assessoria Pedagógica (NAP) que capacita professores para a inovação acadêmica. Em 2013, foi criado o Laboratório de Metodologias Inovadoras (LMI). No site www.labmi.com.br é possível conhecer as experiências do laboratório. O LMI tem desenvolvido ações de formação de professores do ensino superior por meio de micronúcleos de estudos sobre metodologias.

O LASPAU (Academic and Programs for the Americas – Affiliated with Harvard University) é parceiro do UNISAL e apoiador do seminário internacional. O UNISAL, ao promover o evento, quer apresentar experiências de inovação nacionais e internacionais que sejam bem-sucedidas e promover a formação de professores do ensino superior e básico.

Contribuição para Profissionais Envolvidos no Evento: o seminário terá como público-alvo professores da educação básica e superior, já que o objetivo é capacitar os docentes para a aplicação de novas metodologias de ensino utilizando tecnologias para melhorar o aprendizado dos estudantes.

Organizações como UNESCO e OECD, e relatórios como o Horizon Report 2013, que apresenta as tendências e desafios para o ensino até 2018, indicam que é desafio das escolas, dos diferentes níveis, capacitar os professores para que eles possam rever modelos tradicionais de ensino e iniciar um processo de mudança. Os processos de ensino-aprendizagem tendem a ser mais cooperativos, realizados em ambientes tecnológicos que estimulem a interação.

É nesse contexto de desafio de capacitação de professores para a inovação acadêmica que o seminário internacional se insere. Serão apresentadas metodologias de ensino experimentadas em universidades como Harvard, Massachusetts Institute of Technology – MIT – e Olin College, considerada uma IES inovadora, pois fez mudanças substanciais no que hoje conhecemos, tradicionalmente, como currículo para implementar a formação por projetos.