Evento com Leonardo Boff fala sobre a importância da sustentabilidade

leonardo boff (150) foto capa 2

Palestra no UNISAL Lorena contou com mais de 500 pessoas

Em ano de olhares ainda mais voltados para a sustentabilidade do planeta, tendo como exemplo a Campanha da Fraternidade sobre a proteção dos biomas, o UNISAL Lorena, em parceria com o Instituto de Estudos Valeparaibanos e Academia de Letras de Lorena, apresentou a Palestra: “Cuidar da vida: Sustentabilidade e desafios da sociedade”, com o teólogo Leonardo Boff.

O evento foi realizado no dia 18 de agosto de 2017 e contou com a participação de 500 pessoas, entre Alunos, Professores do UNISAL, de instituições de toda a Região e representantes de instituições voltadas para a proteção do meio ambiente. Uma organização especial, que contou com a ajuda de voluntários, foi feita pela instituição. A apresentação foi realizada na modalidade presencial no Teatro São Joaquim e em transmissão ao vivo no Salão do Júri.

Antes da palestra, o teólogo conversou com a imprensa da Região sobre vários temas relacionados à sustentabilidade do planeta. Tudo foi organizado em uma coletiva de imprensa. Confira: http://www.ovale.com.br/_conteudo/2017/08/economia/13174-unisal-faz-palestra-com-leonardo-boff.html e http://www.noticiasguara.com.br/ (edição 1.093 do jornal)

A organização do evento também disponibilizou a venda das obras de Boff ao público.

Ao iniciar a apresentação, representantes do UNISAL enfatizaram a importância da realização do evento, destacaram a criação do Plano Institucional de Sustentabilidade, em 2016. O PIS tem a intenção de somatizar em um único projeto ações já realizadas pela instituição e novas ações no que diz respeito à sustentabilidade.

equipe organizadora 800x600O evento contou com o apoio, em forma de parceria, da Oscip Corredor Ecológico do Vale.As representantes do Corredor, Tatiana e Mariana Ferreira, participaram fazendo um convite aos inscritos.

No ato da inscrição gratuita para o evento, foi feita a seguinte pergunta: Você gostaria de adotar uma árvore e ajudar a restaurar a mata atlântica e as bacias hidrográficas? Para as mais de 600 inscrições foram contabilizadas 385 respostas positivas.

Na época que antecedeu e durante o evento, 10 pessoas transformaram o desejo de doar em realidade. Saiba mais sobre o projeto. Acesse:  http://www.corredorecologico.com.br/participe/pessoa-fisica.php.

As representantes do Corredor Ecológico ainda ressaltaram que as árvores adotadas no evento seriam destinadas ao projeto de recuperação do Parque Ecológico do Taboão, inaugurado em 2016, pela prefeitura de Lorena. São mais de 80 hectares de uma área de proteção, preservação ambiental, lazer e disseminação da cultura regional.

Ao iniciar  sua apresentação, o consultor da ONU (Organização das Nações Unidas) quanto à Declaração Universal do Bem Comum da Terra e da Humanidade, Leonardo Boff  usou tom de cuidado para alertar sobre o cenário grave pelo qual passa o planeta, e deu destaque para a riqueza natural do Brasil. “Cerca de 10% da água do planeta é para matar a sede, 50 milhões de pessoas sofrem com a desertificação e com a falta de água e 13% de toda a água do planeta está no Brasil”, revelou o escritor.

leonardo boff (41) 800x600

O autor de diversos livros sobre sustentabilidade e com mais de 20 anos de experiência neste assunto, ele também ressaltou que cada vez mais cedo a terra tem registrado o dia da sobrecarga. “Estamos usando tão rapidamente os recursos do planeta, que ele precisaria de 1 ano e meio para repor o que utilizamos em 1 ano”, esclareceu Boff.

“Ao citarmos desenvolvimento sustentável, não devemos pensar apenas no ser humano como peça central dessa discussão.  Se não esse desenvolvimento seria injusto. Devemos pensar em todos os seres vivos que aqui estão”, revelou o palestrante.

Boff recorreu, ainda, à literatura para dar vida ao cenário triste de falta de conscientização e percepção quanto ao tema. Falou sobre o Papa Francisco, líder da igreja católica que teve a consultoria do escritor em suas Cartas Encíclicas.

O escritor também fez um convite aos presentes. “A terra é mais forte que nós, ela não precisa da gente para continuar vivendo. Chegamos aqui quando 99% do cenário já estava pronto. A terra continuará, mesmo que diante de um mar de cadáveres”, destacou Boff.

O tom de esperança também foi a chave para alertar de que ainda há como reverter o cuidado que todos têm com relação ao planeta.

“Que nossos filhos olhem para trás e não nos condene pelo que estamos permitindo ser feito com o planeta. Se amamos, cuidamos. Só estamos aqui, pois nossos pais cuidaram da gente, afinal não tínhamos a capacidade motora de sobrevivermos”, revelou o autor.

Logo após a palestra, houve a oportunidade de todo o público participar com perguntas enviadas previamente no ato da inscrição com a temática sustentabilidade e selecionadas por uma comissão organizadora. Foram selecionadas cerca de 10 perguntas sobre educação, consumo, economia.

Os inscritos no evento receberam um certificado de participação online pelo e-link (     )

A organização do evento também solicitou aos inscritos que participassem com opinião sobre o que acharam do evento. No total, 20 respostas foram registradas pelo e-mail ou pelo link ofertado aos inscritos https://goo.gl/FkT7uv.

leonardo boff (83) 800x600 palestra fotos (4) 800x600

Para Eduardo Santos, de São Paulo, o evento foi a oportunidade de enxergar com amplitude a gravidade das mudanças climáticas no planeta. “Morar em São Paulo me faz pensar no quanto de poluição respiramos diariamente e no que podemos fazer para amenizar, mesmo que um pouco, essa situação”, avaliou o cinegrafista de Tv.

Para Vanessa Sampaio,  discente do curso de Gestão Empresarial da Faculdade de Tecnologia de Guaratinguetá, participar da palestra foi uma ótima experiência. “Além do riquíssimo conteúdo intelectual que foi transmitido pelo Palestrante Leonardo Boff, também quero salientar a receptividade e organização dos envolvidos no evento. Ao chegar fui muito bem recebida e orientada do local onde seria realizada a palestra, o ambiente da Instituição é muito agradável e as acomodações são muito confortáveis”, avaliou a estudante.

O evento foi uma realização do UNISAL Lorena, em parceria com IEV e Academia de Letras de Lorena. E contou com a ajuda de diversos setores do UNISAL, dos quais muitos são integrantes do PIS- Plano Institucional de Sustentabilidade.

Saiba mais em http://unisal.br/hotsite/recicle/category/plano-institucional-de-sustentabilidade/