Arquivos da categoria: PLANO INSTITUCIONAL DE SUSTENTABILIDADE

UNISAL sedia e apoia 4º Encontro de Educadores em Defesa do Rio Paraíba do Sul

Palestras, debates, oficinas, roda de conversa. Assim, podemos resumir esse dia 26/09/17, como sendo de aprendizado e conhecimento, no UNISAL Lorena, por conta do evento:  4º Encontro Educadores em Defesa do Rio Paraíba do Sul.

???????????????????????????????

O encontro é promovido pela Prefeitura de Lorena e Comitê de Bacias Hidrográficas do Rio Paraíba do Sul. E conta com representantes do UNISAL, Euni Vieira, Roberta Werneck, Jorge Gomes,  Irani Silvério e outros.

???????????????????????????????

 

Na oportunidade, Professor Joseph Hall, pesquisador da Inglaterra, convidou os professores presentes a participarem de um projeto sobre sustentabilidade realizado em parceria com a UNESP.

Sobre professor e projeto

Meu nome é Dr Joseph Hall e eu sou um pesquisador universitário da Inglaterra. Estou trabalhando num projeto internacional em conjunto com a UNESP.

O objetivo principal do projeto, que chama-se (Re)Conectando o Nexo, é identificar a percepção com que jovens de 10 a 25 anos de idade compreendem e se envolvem com questões relativas ao nexo entre alimentos, água e energia na região da Bacia do Rio Paraíba do Sul e Litoral Norte de São Paulo. A pesquisa dá a oportunidade aos jovens (10 – 25 anos) de completarem um survey online. Este survey pode ser acessado aqui: https://www.sphinxnaweb.com/SurveyServer/s/unespmd/unesp/coleta.htm.

O levantamento tem 7 seções e tem uma mistura de perguntas. Algumas perguntas precisam de um ‘x’ na caixa e outras precisam de respostas escritas. Em total, o levantamento deve levar cerca de 30 minutos para ser concluído. A pesquisa é online e em português. E o melhor de tudo, há um sorteio para participantes e organizações.

Esperamos entender melhor como os alimentos, a água e a energia estão presentes no dia a dia dos adolescentes e jovens. Isto nos permitirá fazer recomendações de políticas públicas e melhorar a educação para a sustentabilidade.

Eu espero que você tenha interesse em nossa pesquisa e incentivará os alunos a participarem? Eu anexei informação do survey. Eu também pode organizar uma apresentação do projeto para os jovens.

???????????????????????????????

/////////////////////

O UNISAL apoia todo o tipo de ação relacionado à melhoria da sociedade que vivemos. Parabéns aos envolvidos.

Exposição em homenagem ao Dia da Árvore é realizada no UNISAL

O Dia da Árvore é comemorado em 21/09/17.

No UNISAL, por conta das ações contínuas do Plano Institucional de Sustentabilidade, está sendo realizada a exposição nascentes do Rio Paraíba do Sul e do Tabuão ou Lorena, de autoria da professora do UNISAL, Euni Vieira Silva. Afinal, toda a vida do planeta depende de água para sobreviver. Uma árvore também.

 

??????????????????????????????? ???????????????????????????????

Obs.: a mesma exposição irá percorrer outras instituições de ensino superior. Os papéis utilizados na atividade são sempre conservados e reutilizados, além disso, alguns foram impressos em papel rascunho.

??????????????????????????????? ???????????????????????????????

 

Saiba mais sobre pelo e-mail estagio@lo.unisal.br.

Projeto de Professor do UNISAL em defesa do meio ambiente é reconhecido

O projeto “O Despertar do Gigante” recebeu da Prefeitura de Lorena um grande reconhecimento pela atuação em projetos de Permacultura e Agrofloresta para o desenvolvimento ambiental, social e econômico na cidade de Lorena e região.

O projeto é encabeçado pelo Professor do UNISAL, Bruno Vidal, também recebe o apoio do Centro de Extensão do UNISAL, do Centro de Empreendedorismo do UNISAL e dos Cursos de Engenharia por meio de parcerias e projetos.

“É a força da mudança, a força da coletividade. Agradecemos aos inúmeros amigos que estiveram junto conosco nestes 8 anos de projeto e a todos que de alguma forma contribuíram no desenvolvimento do projeto, vocês são fundamentais! Salve Despertar!

Veja a carta da prefeitura de Lorena abaixo.

 

reconhecimento_prefeitura projeto bruno vidal

UNISAL apoia evento de proteção ao Rio Paraíba do Sul

UNISAL apoia causas em defesa e respeito ao nosso planeta. Aqui temos um Plano Institucional de Sustentabilidade há cerca de 1 ano. (desde 2016).

ENCONTRO DE EDUCADORES

Afinal, “ser ambiental é ser integral”. Participe deste evento, dia 26/09 aqui em nossa instituição.

Confira a programação completa abaixo.

IV ENCONTRO DE EDUCADORES EM DEFESA DO RIO PARAÍBA DO SUL Ser Ambiental… Ser Integral…

26/setembro/2017 no UNISAL

Endereço: Rua Dom Bosco, 284 – Centro, Lorena – SP

Desde 2014 A Câmara Técnica de Educação Ambiental e Mobilização Social (CTEAMS), do Comitê de Bacias Hidrográficas do Rio Paraíba do Sul (CBH-PS), realiza o Encontro de Educadores em Defesa do Rio Paraíba do Sul. Essa iniciativa tem por objetivo integrar a participação dos professores e educadores do Vale do Paraíba nas ações realizadas por essa CTEAMS, bem como, promover a discussão da educação ambiental no âmbito da educação formal e informal, além de capacitar educadores para a disseminação da educação ambiental. O mês de Setembro foi o escolhido para a realização dos “Encontros de Educadores”, porque no dia 22/09 é comemorado o Dia do rio Paraíba do Sul, portanto, através deste evento anual, promovemos um encontro educativo, reflexivo, assim como festivo, buscando a conscientização dos envolvidos com a Educação Ambiental e Mobilização Social, fomentando a importância de cuidar de nossas águas e do meio ambiente. Este ano iremos realizar a quarta edição do evento, com o tema “Ser Ambiental… Ser Integral”, em parceria com a Prefeitura Municipal de Lorena – SP. Nossa expectativa é que participem 200 educadores de todo o Vale do Paraíba. O evento será realizado no dia 26 de setembro, no Centro Universitário Salesiano de São Paulo – UNISAL, em Lorena.

A programação conta com oficinas, palestras, painéis temáticos, apresentações culturais e muito mais. Teremos a participação especial da professora e palestrante Ondalva Serrano, que é formada em Engenharia Agronômica, pela ESALQ, a Escola Superior de Agricultura Luiz de Queirós, pós-graduada pelo Centro Internacional de Estudos Agronômicos de Montpellier, França.

Ondalva tem sua história intimamente ligada ao movimento em defesa da agroecologia, de políticas públicas integradas e da criação de verdadeiros espaços educadores e conscientizadores.

O Encontro de Educadores é totalmente realizado por parceiros e voluntários. Os interessados em nos ajudar e/ou sediar as próximas edições do evento devem entrar em contato, através do e-mail cbh-ps@comiteps.sp.gov.br.

As inscrições para este evento serão realizadas através do link https://goo.gl/mUrzs1 ou no site da Prefeitura Municipal de Lorena www.lorena.sp.gov.br.

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO

8h30 às 9h – Credenciamento e Café receptivo

09h às 10h – Abertura Oficial

10h às 11h – Educação Ambiental Integral – Transitando nos Meios Internos e Externos do Ser Humano, com Ondalva Serrano

11h às 12h – Trabalhos educacionais, com Professores e Alunos

12h às 13h30 – Pausa para Almoço

13h30 às 14h- Visita aos painéis

14hàs 16h30 – Oficinas Pedagógicas

16h30 às 17h – Encerramento com Projeto Guri

OFICINAS PEDAGÓGICAS

Oficina 01: Permacultura na Escola Ementa: Esta oficina se propõe a inspirar e contribuir com o repertório de práticas de permacultura na escola. Inicia pela importância das atividades de diagnóstico participativo. Estabelece a relação entre a compostagem e o pensamento sistêmico na prática; Entre a fabricação de tinta de baixo impacto, o protagonismo e o pertencimento; Entre o sistema de captação de águas pluviais e o valor das ações locais. Encerra com sugestões de atividades transdisciplinares para diferentes séries, relacionadas à abordagem vivenciada. Instrutores: Fernanda Scalambrino e Mário Scalambrino (Suinã Instituto Socioambiental)

Oficina 02: Compostagem Doméstica Ementa: Esta oficina apresenta uma alternativa sustentável para o aproveitamento dos resíduos orgânicos domésticos. Durante a oficina serão montados diversos tipos de composteiras de baixo custo, que podem ser utilizadas em casas, apartamentos e escolas. Instrutor: Duva Steck Brunelli (CT-EAMS).

Oficina 03: Recuperação Florestal e Construção de Mini Viveiro de Mudas Ementa: Esta oficina trata da prevenção de ilícitos ambientais relativos à flora e da recuperação florestal de áreas protegidas. Ensina como construir um viveiro de mudas de tamanho reduzido, apresentando sugestões de como é possível trabalhar diversos temas com ele na escola. Instrutor: Ana Stella Ribeiro M. Neves (SMA – Coordenadoria de Fiscalização Ambiental).

Oficina 04: Oficina de Papel Reciclado Ementa: Com o objetivo de subsidiar o trabalho do professor, no que se relaciona ao tema reciclagem e reuso de resíduos sólidos, esta oficina traz a prática de como produzir papel reciclado. Também serão apresentadas diversas formas de utilização do papel reciclado, em trabalhos artísticos e artesanais, que poderão ser reproduzidos em sala de aula.

Instrutores: Aparecida Barbosa e Alcinéia G. Castro (Viveiro Florestal de Taubaté) CBH-PS

Oficina 05: Rede de Pluviômetros Artesanais no Monitoramento de Áreas de Riscos de Desastres Socioambientais Ementa: Trata da gestão de riscos de desastres e orienta a construção de pluviômetros de PET. Este instrumento apoiará a criação uma rede observacional georefenciada da escola para o monitoramento das chuvas e riscos de inundações, secas e escorregamento de terra. Será apresentado o projeto CEMADEN Educação e seu potencial para o desenvolvimento de projetos pedagógicos nas áreas de educação ambiental e redução de desastres socioambientais. Instrutor: Débora Olivato (Projeto CEMADEN Educação)

Oficina 06: Como Produzir Alimentos Saudáveis em Casa? Ementa: Consiste no repasse de informações teóricas e na apresentação de materiais e processos práticos que possam ser realizados em sala de aula. Serão levados para a sala de aula plantas, adubos, compostos orgânicos, ferramentas e sementes. Instrutor: Jefferson Ferreira Lima (Consultor em Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável).

Oficina 07: Trilha Interpretativa Ementa: A oficina inicia com uma dinâmica de quebra-gelo e a seguir os participantes seguem por trilha onde é realizada a apresentação da fauna e da flora visíveis e significativas da Floresta Nacional de Lorena. – O Processo e de fácil condução e envolve dinâmicas de informação e sensibilização executadas durante a trilha interpretativa e em pontos estratégicos. Ao final da trilha ocorre a apresentação de personagens importantes, “moradores” da Floresta. Instrutores: Daniel Porto de Nogueira (CETAS IBAMA) Evandro Gonsalves Chaves (ICMBio Floresta Nacional de Lorena)

Oficina 08: Ecocriatividade Ementa: A oficina EcoCriatividade é um projeto de despertar a criatividade literária das pessoas e ao mesmo tempo construir valores éticos ambientais de preservação do meio ambiente e de sustentabilidade. A oficina tem como proposta conscientizar o cuidado com a natureza do bioma da Mata Atlântica, por meio do Livro Sonhos de Francisco; e incentivar a criação de histórias e a confecção de personagens literários utilizando materiais recicláveis. Instrutor: Marcelo Fernandes

Oficina 09: Agrofloresta e Permacultura: A Natureza como Ambiente de Ensino Interdisciplinar. Ementa: Propiciar a criação de um novo cenário educacional para crianças e jovens, através de projetos baseados em princípios holísticos de agrofloresta e de permacultura, usando hortas agroecológicas, como laboratório de práticas de ensino. O contato da criança com a Natureza propicia evolução emocional e cognitiva e o desenvolvimento de competências como: Empatia, espírito de trabalho em equipe, autossuficiência e pensamento crítico.

Instrutor: Prof. Dr. Bruno Vidal de Almeida (Centro Universitário Salesiano de São Paulo – UNISAL Lorena, Instituto O Despertar do Gigante).

Decida-se 2017 reaproveita materiais e fala de assuntos de sustentabilidade

decida-se 2017 teatro 800x600

Evento foi realizado no UNISAL Lorena

UNISAL Lorena sediou no dia 2 de setembro de 2017 mais uma edição do Decida-se.  Cerca de 1.700 alunos dos 2º e 3º anos do Ensino Médio de escolas da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte, Sul de Minas e Sul Fluminense participaram do evento.  

A feira de profissões já está se tornando tradicional entre as instituições, tanto que é grande o número de escolas que agora procuram o UNISAL para participar. E, segundo a organização, depois da vinda à feira e a constatação da boa  infraestrutura da instituição e a qualidade dos Cursos, em torno de 9% dos estudantes do Decida-se voltam como Alunos UNISAL.

A edição de 2017 ofereceu 33 atividades totalmente gratuitas e interativas. A oportunidade do jovem, não somente se divertir, como também conhecer na prática o que os Cursos ofertados pelo UNISAL oferecem.

“Este ano nos organizamos mais e foi isso que garantiu a melhor fluidez do evento. De forma antecipada, enviamos a programação do evento e o número de vagas por atividades, ou seja, quando o aluno chegou ao UNISAL, ele já sabia em qual ação iria participar”, afirmou André Pirtouscheg, gestor da Comunicação e Marketing UNISAL, organizador do evento.

A exemplo de outros anos, o Decida-se ofereceu transporte e lanche gratuitos, segurança, material para a realização das atividades, ambulatório entre outras demandas. A maioria dos serviços foi feita pelos setores internos do UNISAL, como Limpeza, Segurança, Biblioteca, Comunicação e Marketing, Pós-Graduação, Audiovisuais, Eventos, Compras, Financeiro, Serviço Social, Pastoral entre outros.

Para ensinar a reaproveitar, a Biblioteca UNISAL promoveu a oficina Reutilizando com Criatividade, com a professora do Colégio São Joaquim, Juciele Siqueira. Na oportunidade, o colaborador Rafael Valim, falou aos alunos sobre a implantação de um Plano Institucional de Sustentabilidade no UNISAL, que visa à conservação e o cuidado com o meio ambiente, entre outros objetivos.  Além desta ação sustentável, os materiais impressos de sinalização foram transformados em rascunhos pelos Setores de Segurança e Comunicação e Marketing. As lonas com a programação foram utilizadas pelo Setor de Manutenção. E a sobra dos materiais utilizados pelos Cursos foi devolvida ao setor de Comunicação e Marketing para a reutilização na edição de 2018. Isso é conscientização, é sustentabilidade!

A notícia completa estará em breve no site do UNISAL.

Evento com Leonardo Boff fala sobre a importância da sustentabilidade

leonardo boff (150) foto capa 2

Palestra no UNISAL Lorena contou com mais de 500 pessoas

Em ano de olhares ainda mais voltados para a sustentabilidade do planeta, tendo como exemplo a Campanha da Fraternidade sobre a proteção dos biomas, o UNISAL Lorena, em parceria com o Instituto de Estudos Valeparaibanos e Academia de Letras de Lorena, apresentou a Palestra: “Cuidar da vida: Sustentabilidade e desafios da sociedade”, com o teólogo Leonardo Boff.

O evento foi realizado no dia 18 de agosto de 2017 e contou com a participação de 500 pessoas, entre Alunos, Professores do UNISAL, de instituições de toda a Região e representantes de instituições voltadas para a proteção do meio ambiente. Uma organização especial, que contou com a ajuda de voluntários, foi feita pela instituição. A apresentação foi realizada na modalidade presencial no Teatro São Joaquim e em transmissão ao vivo no Salão do Júri.

Antes da palestra, o teólogo conversou com a imprensa da Região sobre vários temas relacionados à sustentabilidade do planeta. Tudo foi organizado em uma coletiva de imprensa. Confira: http://www.ovale.com.br/_conteudo/2017/08/economia/13174-unisal-faz-palestra-com-leonardo-boff.html e http://www.noticiasguara.com.br/ (edição 1.093 do jornal)

A organização do evento também disponibilizou a venda das obras de Boff ao público.

Ao iniciar a apresentação, representantes do UNISAL enfatizaram a importância da realização do evento, destacaram a criação do Plano Institucional de Sustentabilidade, em 2016. O PIS tem a intenção de somatizar em um único projeto ações já realizadas pela instituição e novas ações no que diz respeito à sustentabilidade.

equipe organizadora 800x600O evento contou com o apoio, em forma de parceria, da Oscip Corredor Ecológico do Vale.As representantes do Corredor, Tatiana e Mariana Ferreira, participaram fazendo um convite aos inscritos.

No ato da inscrição gratuita para o evento, foi feita a seguinte pergunta: Você gostaria de adotar uma árvore e ajudar a restaurar a mata atlântica e as bacias hidrográficas? Para as mais de 600 inscrições foram contabilizadas 385 respostas positivas.

Na época que antecedeu e durante o evento, 10 pessoas transformaram o desejo de doar em realidade. Saiba mais sobre o projeto. Acesse:  http://www.corredorecologico.com.br/participe/pessoa-fisica.php.

As representantes do Corredor Ecológico ainda ressaltaram que as árvores adotadas no evento seriam destinadas ao projeto de recuperação do Parque Ecológico do Taboão, inaugurado em 2016, pela prefeitura de Lorena. São mais de 80 hectares de uma área de proteção, preservação ambiental, lazer e disseminação da cultura regional.

Ao iniciar  sua apresentação, o consultor da ONU (Organização das Nações Unidas) quanto à Declaração Universal do Bem Comum da Terra e da Humanidade, Leonardo Boff  usou tom de cuidado para alertar sobre o cenário grave pelo qual passa o planeta, e deu destaque para a riqueza natural do Brasil. “Cerca de 10% da água do planeta é para matar a sede, 50 milhões de pessoas sofrem com a desertificação e com a falta de água e 13% de toda a água do planeta está no Brasil”, revelou o escritor.

leonardo boff (41) 800x600

O autor de diversos livros sobre sustentabilidade e com mais de 20 anos de experiência neste assunto, ele também ressaltou que cada vez mais cedo a terra tem registrado o dia da sobrecarga. “Estamos usando tão rapidamente os recursos do planeta, que ele precisaria de 1 ano e meio para repor o que utilizamos em 1 ano”, esclareceu Boff.

“Ao citarmos desenvolvimento sustentável, não devemos pensar apenas no ser humano como peça central dessa discussão.  Se não esse desenvolvimento seria injusto. Devemos pensar em todos os seres vivos que aqui estão”, revelou o palestrante.

Boff recorreu, ainda, à literatura para dar vida ao cenário triste de falta de conscientização e percepção quanto ao tema. Falou sobre o Papa Francisco, líder da igreja católica que teve a consultoria do escritor em suas Cartas Encíclicas.

O escritor também fez um convite aos presentes. “A terra é mais forte que nós, ela não precisa da gente para continuar vivendo. Chegamos aqui quando 99% do cenário já estava pronto. A terra continuará, mesmo que diante de um mar de cadáveres”, destacou Boff.

O tom de esperança também foi a chave para alertar de que ainda há como reverter o cuidado que todos têm com relação ao planeta.

“Que nossos filhos olhem para trás e não nos condene pelo que estamos permitindo ser feito com o planeta. Se amamos, cuidamos. Só estamos aqui, pois nossos pais cuidaram da gente, afinal não tínhamos a capacidade motora de sobrevivermos”, revelou o autor.

Logo após a palestra, houve a oportunidade de todo o público participar com perguntas enviadas previamente no ato da inscrição com a temática sustentabilidade e selecionadas por uma comissão organizadora. Foram selecionadas cerca de 10 perguntas sobre educação, consumo, economia.

Os inscritos no evento receberam um certificado de participação online pelo e-link (     )

A organização do evento também solicitou aos inscritos que participassem com opinião sobre o que acharam do evento. No total, 20 respostas foram registradas pelo e-mail ou pelo link ofertado aos inscritos https://goo.gl/FkT7uv.

leonardo boff (83) 800x600 palestra fotos (4) 800x600

Para Eduardo Santos, de São Paulo, o evento foi a oportunidade de enxergar com amplitude a gravidade das mudanças climáticas no planeta. “Morar em São Paulo me faz pensar no quanto de poluição respiramos diariamente e no que podemos fazer para amenizar, mesmo que um pouco, essa situação”, avaliou o cinegrafista de Tv.

Para Vanessa Sampaio,  discente do curso de Gestão Empresarial da Faculdade de Tecnologia de Guaratinguetá, participar da palestra foi uma ótima experiência. “Além do riquíssimo conteúdo intelectual que foi transmitido pelo Palestrante Leonardo Boff, também quero salientar a receptividade e organização dos envolvidos no evento. Ao chegar fui muito bem recebida e orientada do local onde seria realizada a palestra, o ambiente da Instituição é muito agradável e as acomodações são muito confortáveis”, avaliou a estudante.

O evento foi uma realização do UNISAL Lorena, em parceria com IEV e Academia de Letras de Lorena. E contou com a ajuda de diversos setores do UNISAL, dos quais muitos são integrantes do PIS- Plano Institucional de Sustentabilidade.

Saiba mais em http://unisal.br/hotsite/recicle/category/plano-institucional-de-sustentabilidade/

 

 

 

 

Escritora participa da Biblioteca Ativa no UNISAL Lorena

Gisele Mirabai promove conscientização para a educação ambiental

 Gisele Mirabai BIBLIOTECA ATIVA menor

Gisele Mirabai, escritora, atriz e roirista de cinema e televisão. Mas, no mês de agosto de 2017 esteve na Biblioteca Ativa do UNISAL Lorena para conversar com estudantes do Colégio São Joaquim sobre educação ambiental. O desafio dessa conscientização é o tema de seu livro Guerreiras de Gaia”. A narrativa relata o encontro e o treinamento das cinco guerreiras em Gaiatmã, a presença dos líderes Jedegaias na Terra e o confronto com o Doutor Metazeu.

 O trabalho também contou com o apoio dos Professores do Colégio São Joaquim, Ana Cláudia Guimarães de Português, André Ribeiro de Ciências, Juciele Siqueira de História e Diego Amaro de Geografia.

 “A história flui com tanta naturalidade que é impossível parar de ler. Kitara, a narradora e protagonista, uma adolescente como tantas com quem convivemos, encanta o leitor pelo seu jeito espontâneo de ser. Você deve estar pensando: “O que é uma Guerreira de Gaia?” Para dizer a verdade, sou uma pessoa comum, como qualquer outra (posso ser inclusive sua conhecida, sua vizinha e, quem sabe, até mesmo sua prima), mas “alguns dias” atrás aconteceu algo que transformou minhas companheiras e eu em guerreiras.

 A obra entrelaça mitologia, física quântica, filosofia oriental e técnicas de reciclagem do lixo de uma forma harmônica, leve e engraçada, num mundo repleto de energia onde cientistas, índios, animais de poder estão de braços dados para proteger a Natureza. Uma narrativa bem construída, permeada de ação, mistério e muita reflexão”, afirma o release sobre a escritora.

 O encontro na Biblioteca foi um sucesso. Alunos do Colégio tiraram todas as dúvidas sobre a obra e sua relação com o meio ambiente em que vivem.

 “Os estudantes fizeram a leitura do livro e realizaram atividades elaboradas pelos professores, tendo como objetivo principal incentivar a Leitura”, afirmou a coordenação da Biblioteca.

BIBLIOTECA ATIVA AGOSTO menor Gisele Mirabai BIBLIOTECA ATIVA 2 menor

Em seguida, elaboraram um cardápio saudável com base na ONU (Organização das Nações Unidas) que declarou o ano de 2016 como sendo o Ano Internacional das Leguminosas. O propósito é elevar a consciência sobre a potencial importância do papel desses alimentos na promoção da saúde, nutrição, bem como na segurança alimentar e sustentabilidade ambiental.

Os Alunos também pesquisaram sobre o tema da Campanha da Fraternidade de 2017, relacionando os conhecimentos sobre a Campanha e o livro para a elaboração de um cartaz ou quadrinho sobre Preservação Ambiental. E por fim, tiraram uma selfie com o que pode ser seu melhor companheiro para todas as horas, o livro.

Ações assim fortalecem a conscientização para o desenvolvimento sustentável do Planeta. E estão em consonância com o Plano Institucional de Sustentabilidade promovido desde 2016 pelo UNISAL Lorena.

 Saiba mais sobre o PIS: http://unisal.br/hotsite/recicle/category/plano-institucional-de-sustentabilidade/

Saiba mais sobre o Colégio São Joaquim: http://www.colegiosaojoaquim.com.br/ ou https://www.facebook.com/colegiosaojoaquim/

 Saiba mais sobre a escritora: https://giselemirabai.com/

UNISAL promove maratona de reuniões para ouvir estudantes

Na oportunidade, o PIS- Plano de Sustentabilidade está sendo apresentado aos grupos

A Direção do UNISAL tem ouvido nos últimos meses representantes de Cursos da instituição. Neste mês de agosto acontecerá uma série de encontros.

*Dia 07/08/17 (noturno) foi a vez dos Alunos dos Cursos de Administração, Recursos Humanos e Contábeis participarem de uma reunião sobre os temas: avaliação institucional e perspectivas para o futuro. Além de outras demandas e novidades do UNISAL,  dentre elas, o PIS (Plano Institucional de Sustentabilidade).

ADM,CONT. RH 07-08-17 (1)

*Neste dia 08/08/17 (matutino), foi a vez dos representantes das Engenharias ouvirem e serem ouvidos.

REUNIAO ENG. 08-08-17 (2)

Confira o restante da programação:

A diretora Grasiele Nascimento participa das atividades, que têm como intuito aproximar instituição de alunos.

*09/08 (noturno) – Representantes das Engenharias e Ciência da computação;

*Dia 21/08 (noturno) – Representantes do Direito;

*Dia 22/08 (manhã) – Representantes da Administração e Filosofia;

*Dia 28/08 (noturno) – Representantes da Pedagogia, História, Matemática e Educação Física;

*Dia 29/08 (manhã) – Representantes do Direito;

*Dia 30/08 (noturno) – Representantes da Psicologia

Recado aos Alunos UNISAL

Alunos, como sabem, há pouco mais de 1 ano demos início a um Plano Institucional de Sustentabilidade, com a intenção de somatizar em um único projeto ações já feitas pela instituição e novas ações. Dentre os projetos, a troca de copos plásticos por canecas, a coleta seletiva, a parceria de alunos e cursos em projetos que visam a sustentabilidade do planeta. Justamente para saber do envolvimento de vocês e do interesse, nós queremos criar um canal direto. Descubram um representante de curso ou turma que queira participar e peça a ele que envie um e-mail para estagio@lo.unisal.br com o nome e demais contatos desse aluno.

 

 

UNISAL apoia e fecha parceria com movimento ” Nascentes do Paraíba

A Coordenação de Estágios, Curso de Pedadogia e Setor de Relações Institucionais do UNISAL, por meio dos seguintes representantes: Joice Aparecida Silva, Roberta Werneck, Professora Euni Vieira, Professora Irani Cristina Silvério Tirelli e Prof. Jorge Gomes, firmaram parceria no dia 02 de agosto de 2017 com Prof. Lázaro Tadeu F. da Silva, do Movimento “ Nascentes do Paraíba”, para a realização do projeto ” Diálogos Pedagógicos”.

???????????????????????????????

A ação será promovida no dia 09/08, das 8h30 às 15h30, no Salão do Júri, UNISAL.

O objetivo é aproximar de diferentes setores  para o planejamento e desenvolvimento de iniciativas de educação ambiental, restauração ecológica e saneamento básico, na região do Vale do Paraíba.

Veja a programação:

8h30 – Critérios adotados para apresentação de projetos ao CBH-PS e recursos disponíveis          para subsidiar os projetos que forem apresentados e aprovados em 2017/2018.  - Engº Fabrício Cesar Gomes – DAEE / Taubaté, Secretário Executivo do CBH-PS.

09h30 – Programação da Oficina de Projetos da AGEVAP, para orientação e acompanhamento      do planejamento de projetos para captação de recursos. - Engº Florestal Flávio Monteiro especialista em Recursos Hídricos – AGEVAP.

10h30 – Intervalo.

11h – Participação das Universidades e Secretarias Municipais de Educação nos Projetos.             - Profª. Drª. Érica L. Romão – Coord. do Curso de Engenharia Ambiental / USP Lorena.             – Profª Analice Barbosa – Coordenação de Projetos – Secretaria de Educação de Lorena.

12h – Intervalo para almoço.

13h30 – Planejamento das atividades a serem realizadas, de setembro a novembro, com os          representante das instituições participantes do diálogo.  - Mediação - Prof. Lázaro T. F. Silva. Coordenador do Movimento Nascentes do Paraíba.

15h30 – Término

PARCERIAS:

Os Diálogos Pedagógicos Ambientais realizados pelo Movimento Nascentes do Paraíba, conta com a parceria da AGEVAP – Agência de Bacias Hidrográficas do Rio Paraíba do Sul, Centro Universitário Teresa D´Ávila – UNIFATEA, Centro Universitário Salesiano – UNISAL, coordenação do Curso de Engenharia Ambiental da USP, Campus Lorena e apoio da Câmara Técnica de Planejamento, Educação Ambiental e Mobilização Social do Comitê das Bacias Hidrográficas do Rio Paraíba do Sul, Comitê das Águas em Lorena, Conselho Municipal de Meio Ambiente de Lorena – COMMAM, Secretarias Municipais de Meio Ambiente, Educação e Cultura de Lorena; OCIP PAENGABA de Cruzeiro.

Professora do UNISAL publica livro sobre “proteção jurídica ao meio ambiente”

A Professora do UNISAL, Daisy Rafaela, é autora do livro Direito Social e Patrimônio Cultural. Uma obra lançada em 2016 e que apresenta os principais tratados internacionais e as leis brasileiras que regulam a proteção do ambiente natural e cultural, e provoca uma discussão sobre suas nuances, abrangência e impacto. Pela importância que o tema assume na atualidade, trata-se de uma leitura que pode auxiliar não só profissionais da área do direito, mas também orientar e respaldar juridicamente todos aqueles que lidam com a preservação do meio ambiente em seus vários aspectos.

O livro, lançado pela Editora     Alínea, conta com 82 páginas e é vendido a  R$ 27,00.

Acesse aqui.

LIVRO DAISY RAFAELA- LANÇADO EM 2016

Sobre a autora

Doutora em Direito. Mestre em Direitos Difusos e Coletivos. Professora Titular do Programa de Mestrado em Direito do Centro Universitário Salesiano de São Paulo (UNISAL), de Lorena/ SP e nos Cursos de Graduação e Pós-Graduaçao. Professora e Pesquisadora do Programa de Mestrado em Direito do Centro UNISAL de Lorena – SP. Professora Doutora III da EEL USP, onde ministra Legislação Ambiental e Direito aplicado à Engenharia. Pesquisadora dos Grupos de Estudos “Ética e Meio Ambiente”, “Direito das Minorias” e do Observatório de Violências nas Escolas UCB/UNESCO/ UNISAL. Coordenadora do Núcleo de Estudos de Direitos Humanos do UNISAL – Lorena-SP Líder do Grupo de Pesquisa “Direitos Humanos”cadastrado junto ao CNPq Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direitos Difusos e Coletivos, atuando principalmente nos seguintes temas: Direitos humanos, direito ambiental,direitos culturais , inclusão social (igualdade e desigualdades).