Arquivos da categoria: PLANO INSTITUCIONAL DE SUSTENTABILIDADE

UNISAL recolhe lixo eletrônico e elétrico e dá o destino correto

Comunicamos a todos que há um local correto para o descarte de lixo eletrônico no UNISAL Lorena.

Todos os produtos eletrônicos e elétricos podem ser entregues no Laboratório das Engenharias no UNISAL, que fica no prédio Padre Mario Bonatti.

Os produtos podem ser entregues das 9h às 20h, de segunda a sexta-feira.

O material recebido é encaminhado a uma empresa especializada de Cachoeira Paulista, que retira os produtos no UNISAL sempre que há uma demanda grande.

Os materiais que podem ser descartados são todos aqueles que se encaixam no nicho eletrônico (televisor, celular, computadores, impressora). Também podem ser descartados aparelhos elétricos (torradeira, batedeira, liquidificador, pilha, baterias).

Em caso de dúvidas, basta enviar um e-mail para labmb@lo.unisal.br, aos cuidados de Diogo Andrade ou Fagner Santos.

Não descarte equipamentos eletrônicos e elétricos. Seja responsável!

O UNISAL conta com um Plano Institucional de Sustentabilidade.

O Laboratório das Engenharias transforma o que é considerado lixo em conhecimento.

 

 

 

Cooperativa faz campanha para arrecadar embalagens Tetra Pak

A COOPERATIVA AMIGOS DO LIXO DE GUARATINGUETÁ, responsável pela arrecadação de resíduos da coleta seletiva no UNISAL e Colégio São Joaquim de Lorena precisa arrecadar 11 toneladas de embalagem Tetra Pak. 

Eles ganharam uma prensa, em troca têm de provar que vão utilizá-la bem com a arrecadação desse material. Para isso contam com nossa ajuda.

Aqui no UNISAL teremos dois locais para o depósito apenas das embalagens Tetra Pak (suco, leite, creme de leite, água de coco por exemplo).

PLANO INSTITUCIONAL DE SUSTENTABILIDADE

PLANO INSTITUCIONAL DE SUSTENTABILIDADE- Foto: endpoint895270.azureedge.net

Toda ajuda é muito bem-vinda! Participe!

Quer fazer doações maiores de embalagens para a Cooperativa? Ligue para Claudinéia, o telefone é 01299621-0270.

Essa é mais uma ação do Plano Institucional de Sustentabilidade do UNISAL. 

Setores do UNISAL promovem modificações sustentáveis

No último post vimos que as Coordenações de alguns Cursos do UNISAL estão promovendo ações simples, mas que representam uma nova postura e um novo olhar sobre a sustentabilidade.

Dessa vez o destaque é para a Biblioteca do UNISAL.

O setor realizou de 17 a 19 de abril de 2017 uma oficina com papéis recicláveis. Aqueles de etiqueta que são descartados.

Pelas mãos da Colaboradora Izabel Eloy eles ganharam um novo intuito: viraram arte.

Crianças do Colégio São Joaquim participaram de uma oficina de marca páginas recicláveis.

OFICINA MARCA PÁGINA RECICLÁVEL-BIBLIOTECA UNISAL 4

Veja as fotos! Além da criatividade, desde cedo, aprenderam que dá pra reciclar e tornar o mundo mais consciente.

OFICINA MARCA PÁGINA RECICLÁVEL-BIBLIOTECA UNISAL 2 OFICINA MARCA PÁGINA RECICLÁVEL-BIBLIOTECA UNISAL

A equipe do PIS- Plano Institucional de Sustentabilidade do UNISAL – agradece e parabeniza a Biblioteca pela iniciativa.

OFICINA MARCA PÁGINA RECICLÁVEL-BIBLIOTECA UNISAL 2 OFICINA MARCA PÁGINA RECICLÁVEL-BIBLIOTECA UNISAL 6

 

 

Iniciativas de Cursos e setores, exemplos de sustentabilidade

A equipe do PIS (Plano Institucional de Sustentabilidade) fez um convite inicial à duas Coordenações de Cursos do UNISAL Lorena.

A ideia era implantar 4 lixeiras pequenas nos escritórios, com descrição dos resíduos semelhantes à colocada nas lixeiras instaladas em toda a dependência (corredores, espaços de uso público) do UNISAL.

A intenção dessa ação é convidar as coordenações a participarem do processo de educação e conscientização de Alunos, Colaboradores, Professores e comunidade em geral para a separação do lixo. 

O convite foi feito inicialmente à duas coordenações (Engenharias e Direito).

A recepção e adesão ao projeto foram rápidas, o que faz com que o PIS se torne realidade na busca por um mundo mais consciente.

“Aqui vai um agradecimento especial a todos vocês”, equipe PIS.

Além disso, o Professor Bruno Creado, Coordenador do Curso de Direito do UNISAL, fez questão de publicar uma notícia em sua página em uma rede social.

“Destacados e queridos Alunos e Professores do Curso de Direito do UNISAL Lorena, é com imensa alegria e satisfação que divulgo que nosso Curso honrosamente foi escolhido para iniciar as atividades dos cestos recicláveis nas Coordenações, assim, peço a todos que não deixem de contribuir com mais esse maravilhoso projeto dos amigos da sustentabilidade!”.

PUBLICACAO BRUNO CREADO LIXEIRAS

Lixeiras na Coordenação de Direito

A equipe do PIS instalou as lixeiras nas duas coordenações no dia 07 de abril de 2017. Veja a foto na coordenação das Engenharias!

LIXEIRAS COLOCADAS NO DIREITO E ENGENHARIA 07-04-17

 

Lixeiras na Coordenação das Engenharias

Além dessas duas coordenações, as lixeiras cinzas e maiores foram direcionadas para setores que demandam de mais recipientes para alguns resíduos.  No caso das Cantinas, servem para recepcionar os orgânicos.

Na Biblioteca, há lixeiras para papéis e orgânicos. E os Colaboradores precisam da ajuda dos visitantes para que haja eficácia na separação do lixo.

No Laboratório das Engenharias, que recebe um grande fluxo de Alunos, Professores e até visitantes, também houve a destinação das lixeiras para a separação correta de resíduos.

LIXEIRAS NO LABORATORIO (1) menor LIXEIRAS NO LABORATORIO (2) menor

Lixeiras nos laboratórios das Engenharias- UNISAL Lorena.

Aos poucos, o UNISAL caminha para a separação correta do lixo. A equipe do PIS reconhece que conscientização vem acompanhada de formação. Por isso, sempre que for possível, irá fazer um convite aos Alunos, Professores, Gestores e comunidade para a conscientização. Isso poderá ser feito por meio de formações, cartazes, exposição de vídeos.

Participe da campanha conosco: por um mundo mais reciclável, menos descartável.

Você sabe para onde vai o lixo que você produz? (visita à Cooperativa Amigos do Lixo)

Cooperativa Amigos do Lixo vira parceira do UNISAL na Coleta Seletiva

VISITA À COOPERATIVA AMIGOS DO LIXO (8) menor

Uma visita à Cooperativa Amigos do Lixo é um convite feito a todos que querem conhecer o destino correto dos resíduos produzidos diariamente pelos cidadãos.

Na Região Metropolitana do Vale estima-se que de 39 municípios, apenas 10 tenham aterros sanitários para depósito desse material. Mas todo aterro tem vida útil. Em Taubaté e São José dos Campos, as maiores cidades do Vale, a vida desses locais está por um fio, com os dias contados.

VISITA À COOPERATIVA AMIGOS DO LIXO (23) menor

Se cada pessoa produz por dia 1 quilo de lixo/dia, o cálculo, é no mínimo, assustador. Afinal, a RM Vale conta com mais de 2.7 milhões de habitantes.

Um jeito de diminuir essa quantidade é reciclando, quando  for possível, quando as cidades oferecem infraestrutura.

Desde o dia 16 de fevereiro de 2017 o UNISAL Lorena deu início a uma parceria inédita com a Cooperativa Amigos do Lixo.

A ação faz parte do Plano Institucional de Sustentabilidade do UNISAL.

Todo o lixo reciclável está sendo depositado em lixeiras instaladas em toda a infraestrutura do UNISAL. No total, são 44 conjuntos padronizados para o depósito de papel, plástico, metal e orgânico. Esses itens foram escolhidos por serem considerados os de maior descarte por parte da Comunidade acadêmica do UNISAL.

coleta seletiva unisal foto menor

Mas outros setores que têm lixos específicos, como são os casos da Limpeza e Manutenção também passaram a direcionar lixos para a Cooperativa. São os casos de recipientes plásticos específicos,  ferragens, cobre, arames, canos e tubos PVC, por exemplo.

O depósito de todo o lixo reciclável é feito em um espaço localizado no estacionamento do UNISAL, onde antes funcionava um incinerador.

A equipe do Plano Institucional de Sustentabilidade quis saber como é o real caminho do lixo. E foi conhecer a Cooperativa no dia 29 de março de 2017.

A Cooperativa foi fundada em 2000. Hoje funciona à rua Alfonso Giannico, 700 – Pedregulho, Guaratinguetá. Lá há cerca de 30 cooperados, entre jovens, adultos e idosos.

O espaço foi doado pela Prefeitura de Guaratinguetá, que cede também, por meio do SAEG (Serviço Autônomo de Agua e Esgoto) caminhão de grande porte, motorista e combustível para que possam fazer a retirada de lixo reciclável em empresas e shoppings da Região.

VISITA À COOPERATIVA AMIGOS DO LIXO (44) foto valida

Notícia publicada pela SAEG, em 2014, revelava números preocupantes quanto à quantidade de lixo arrecada pela Cooperativa. Em média, a coleta mensal era de 100 toneladas de resíduos/mês, passando para 30 toneladas/mês, por conta do grande crescimento de catadores de lixo, que também fazem um serviço digno.

VISITA À COOPERATIVA AMIGOS DO LIXO (39) VALIDA

Apesar da preocupação, no galpão o serviço não para. De segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, mãos dão destino correto a cada tipo de “lixo reciclável”. Todo o material coletado pela Cooperativa é separado em sacos grandes. No caso de papelão, alumínio, revistas, tudo é prensado e vendido para empresas de São Paulo. No caso de lâmpadas fluorescentes, o material é destinado para um casal de artesão da cidade de Potim, que faz do produtos artes incríveis. Confira aqui.

A Cooperativa nasceu da necessidade de se erradicar o lixão, que representava um fator negativo para Guaratinguetá na questão do meio ambiente. Um local no qual a presidente da Cooperativa, Claudinéia Aparecida, passou boa parte da infância com a mãe. “A gente separava o lixo desde pequena, o que me preparou para trabalhar hoje à frente da Cooperativa”, afirma Claudinéia.

A irmã de Claudinéia, Rosana Aparecida, também afirma que aquilo que é lixo para a maioria dos cidadãos é sustento para ela e outras 29 famílias há quase duas décadas. “Pensem bem antes de descartarem corretamente o lixo, quando separamos o que podemos ajudamos a melhorar o meio ambiente”.

Ao depositar o lixo no recipiente correto informado na parte externa do lixo, toda a comunidade acadêmica e externa colabora com o Plano Institucional de Sustentabilidade, com a Cooperativa e com o universo mais sustentável.

Confira o material que fizemos sobre o que é e  o que não é reciclável. 

placa coleta seletiva em png

Quer saber mais sobre a Cooperativa? Acesse o livro produzido pelo Professor do UNISAL, José Augusto Deccache, intitulado “Cooperativa de Trabalho como opção de Inclusão Social: Amigos do Lixo. Acesse aqui:

Ou assista ao vídeo de nossa visita à Cooperativa abaixo: 

https://www.youtube.com/watch?v=SRC1Gs_U6as

A Cooperativa está aberta para novas parcerias com empresas da Região. O telefone de contato é 01299621-0270.

Fotos: Diego Amaro

 

Núcleo Educacional de Agrofloresta e de Permacultura de Lorena fecha parceria com o UNISAL

A ação vai permitir ações de Alunos para a prática da educação ambiental no local

COORDENACAO ESTAGIO E SÍTIO AGROECOLOGICO7__jpg

Um Projeto Interdisciplinar Ambiental do Curso de Pedagogia UNISAL, da Coordenação de Estágios e do Núcleo Educacional de Agrofloresta e de Permacultura de Lorena vai permitir a estudantes conhecerem de perto os benefícios de ações ambientais para a recuperação de áreas.

O projeto, sob supervisão da Coordenação de Estágio, por meio da Prof.ª Euni Vieira, da Prof.ª Irani Tirelli, do Curso de Pedagogia, e do Prof.º de Engenharia, Bruno Pardal, possibilita aos alunos  dos 2º e 3º anos do Curso de Pedagogia interagirem com ambiente em que ocorre a implantação da agroecologia, analisar e discutir as consequências benéficas para a Bacia Hidrográfica do Ribeirão Mandi.

COORDENACAO ESTAGIO E SÍTIO AGROECOLOGICO 10 COORDENACAO ESTAGIO E SÍTIO AGROECOLOGICO6__jpg

A visita técnica ao Sítio das Quintas das Flores, em Lorena, foi realizada dia 25 de março de 2017. O intuito do trabalho foi fazer com que os alunos pudessem perceber a caracterização da área de estudo em cada um dos seus aspectos (solo, vegetação, fauna e, em alguns casos, água) e o diagnóstico geral, estabelecendo relação com o conceito de BH.

O professor Bruno solicitou aos grupos que sugerissem ações para melhorar as condições do ambiente. Cada grupo apresentou as sugestões e, em seguida, elaborou um plano de ação, colocando-o em prática.

COORDENACAO ESTAGIO E SÍTIO AGROECOLOGICO_jpg

“Reconhecer o solo, experimentar, tocar a vegetação, a água e os animais, e até estabelecer relações entre a ação humana e suas consequências para o ambiente provocam identificação com a sustentabilidade do meio ambiente”, afirmam os professores responsáveis pelo Projeto.

COORDENACAO ESTAGIO E SÍTIO AGROECOLOGICO2__jpg

 Ao conhecer a proposta do local, as 11 alunas de Pedagogia levantaram dados sobre os diferentes ambientes: pasto e agroflorestal, realizaram  um  diagnóstico ambiental do local; identificaram a interdependência entre meio físico, químico e biológico, e estabeleceram relações entre a ação humana e suas consequências para o ambiente. Houve, ainda, a interação com a natureza na busca pelo resgate das experiências das alunas com a terra. As futuras educadoras foram convidadas a refletirem respeito da necessidade da mudança de atitude e da importância de iniciar a educação para o meio ambiente desde cedo, com a criança pequena.

COORDENACAO ESTAGIO E SÍTIO AGROECOLOGICO4__jpg

Ao final do encontro, um café e uma carona compartilhados.

Isso é Sustentabilidade, que vai além do ambiental, passando pelo econômico e social.

 Saiba mais sobre o Projeto nos links:

https://www.facebook.com/estagiounisal/?fref=ts

 https://www.facebook.com/groups/255462604545999/?fref=ts

Coleta Seletiva: primeira retirada de lixo reciclável é concluída no UNISAL

A coleta seletiva começou no UNISAL Lorena, oficialmente neste dia 16/02/17, às 9h.

No dia 14/02/17, a representante da Cooperativa Amigos do Lixo, de Guaratinguetá (SP), veio conhecer o espaço onde estão sendo armazenados os materiais recicláveis. Claudia foi recepcionada pela equipe do Plano Institucional de Sustentabilidade do UNISAL, representada pela Gestora do Setor de Limpeza, Sirlene Batista.

Neste dia 16/02, o caminhão da Cooperativa Amigos do Lixo de Guaratinguetá veio retirar todo o lixo reciclável. O trabalho contou também com o apoio da Colaboradora da Cooperativa, Tamires, e também dos Colaboradores do UNISAL, Luís Henrique, responsável pela separação dos papéis, e Diego Amaro, Professor do UNISAL e membro do IEV (Instituto de Estudos Valeparaibanos).

O setor de Comunicação e Marketing também esteve presente registrando este momento, um marco para a Instituição.

A integrante da Cooperativa ficou surpresa com a quantidade de lixo reciclável (papelão, plástico etc), armazenada no espaço desde dezembro.

A Cooperativa irá fazer a Coleta no UNISAL toda quinta-feira, a partir das 9h.

A implantação das lixeiras no UNISAL está sendo feita gradualmente. E já conseguimos uma quantidade considerável de lixo. Só alcançamos este resultado positivo para a Cooperativa, pois os setores colaboraram separando o papel comum para reciclagem, além de outros itens como plástico e alumínio nas lixeiras que estão sendo disponibilizadas em todo o UNISAL.

Ao depositar o lixo no recipiente correto, informado na parte externa do lixo, toda a comunidade acadêmica e externa colabora com o Plano Institucional de Sustentabilidade, com a Cooperativa e com o universo mais sustentável.

Quer conhecer a Cooperativa?

O endereço é  Estrada Vicinal Doutor Rafael Américo Ranieri, 1001 – Bairro Santa Luzia, Guaratinguetá. O telefone de Claudinéia Aparecida, presidente, é 01299621-0270.

Confira as fotos abaixo e uma tabela de lixo reciclável e não reciclável.

COLETA SELETIVA UNISAL- CONHECEU LOCAL DE RETIRADA (2) MENOR COLETA SELETIVA UNISAL- CONHECEU LOCAL DE RETIRADA (4) MENOR

coleta seletiva unisal 2017 (35) MENOR 800X600

coleta seletiva unisal 2017 (34)MENOR coleta seletiva unisal 2017 (30)MENOR

///////////////////////////////////////////////////////////////

Agora o UNISAL conta com a Coleta Seletiva

Ajude-nos na separação correta do lixo!!!

(tabela com base na coleta da Cooperativa Amigos do Lixo)

O QUE É RECICLÁVEL O QUE NÃO É RECICLÁVEL
*PLÁSTICOCopos plásticos

Bandejas de plástico

Garrafas

Tampinhas de garrafa

Sacos/Sacolas

Embalagens Pet (refrigerante)

Caneta (Sem a tinta)

Embalagens tipo Tupperware

Embalagens de produtos de limpeza

Canos e Tubos de PVC

 *Embalagens Tetrapak de suco (de suco ou leite longa vida, tipo Tetrapak- A Cooperativa coleta como plástico)

*PAPEL

Jornais/Revistas/Papel sulfite rascunho

Papel plastificado

Caixa de Pizza

Cartolinas e papel cartão

Papelão

*METAL

Arames

Tampinhas de garrafa

Pregos

Embalagem de marmitex

Ferragens

Cobre

Papel Alumínio

 VIDROS

Lâmpadas (inteiras que serão descartadas)

Potes de conservas

Cacos dos produtos citados

Vidros Especiais (Tampa de forno de microondas)

Garrafas*Embalagem Metalizada (Café e Salgadinho (fandangos, por exemplo)*ISOPOR

Espuma

Bandejas acrílicas

*PAPEL

Papéis Sanitários (papel higiênico)

Papéis Plastificados

Papéis engordurados

Etiquetas adesivas

Papéis Parafinados

Papel carbono

Papel celofane

Guardanapos

Bitucas de Cigarros

Fotografias

*METAL

Clipes

Esponjas de aço

Latas de inseticidas e verniz

Latas de solventes químicos

*VIDROS

Quebrados, como lâmpadas

Louças

Cerâmicas, porcelanas, pirex

Espelhos

 

 

 

 

 

OBS: Documentos do UNISAL que não podem ser descartados na Coleta ou no lixo comum, por se tratarem de documentos, continuarão a ser entregues para Carlinhos do setor de Compras, que irá direcionar para o devido descarte em uma fábrica de papel em Guaratinguetá.

O lixo eletrônico (pilhas, baterias, celulares, aparelhos elétricos e eletrônicos) poderá continuar sendo colocado no receptor que o Grupo de Robótica (Engenharias do UNISAL) mantém na entrada principal do UNISAL.  (a continuidade desta ação está sendo definida juntamente com a coordenação das Engenharias).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sustentabilidade:Professor do UNISAL é entrevistado por Programa Sertanejo sobre Projeto Acroecológico

O ritmo sertanejo se misturou com o ambiental nesta quinta-feira, dia 09/02/17. O Professor do Curso de Engenharia, Bruno Vidal, foi entrevistado pelo Programa Canção Nova Sertaneja, sobre o projeto que toca junto com Dona Dulcinéia, na zona rural de Lorena.

xxxENTREVISTA TV CN- PROJETO SÍTIO ACROECOLÓGICO (35)

Um sítio agroecológico, que também será palco para projetos com o Centro de Extensão do UNISAL. Em breve, você verá no programa “ao vivo” o resultado de uma hora de bate-papo e de muitas imagens!

xxENTREVISTA TV CN- PROJETO SÍTIO ACROECOLÓGICO (10)

Este é mais um exemplo de sustentabilidade. De respeito com a terra!

xxENTREVISTA TV CN- PROJETO SÍTIO ACROECOLÓGICO (7)

Saiba mais em “O Despertar de um Gigante” (https://www.facebook.com/groups/255462604545999/?fref=ts).

Bruno toca o projeto num sítio de Lorena, de propriedade de Dona Dulcinéia (por sinal, é mãe de outro Professor do UNISAL, José Ricardo Flores de Faria- da Engenharia).
No sítio são cultivadas mudas de plantas nativas, frutíferas, horta orgânica, agroecologia e outros projetos. Em pouco mais de 3 meses de criação do local, abertura dele para a comunidade, já passaram por lá 250 pessoas.
Em 2017, ele já realizou um Curso de Agroecologia, com 40 inscritos e com fila de espera. Este ano, também, pretende reunir professores e escolas para ensinar-lhes como pode ser feita a produção de uma horta na escola, como projeto pedagógico.
Além disso, o local vai se transformar em área de soltura de pássaros apreendidos e cuidados pelo IBAMA. Eles querem recuperar 2 nascentes no local.
Bruno disse à equipe do Plano Institucional de Sustentabilidade do UNISAL que, com o trabalho feito no local, conseguiram recuperar 400 anos de prejuízos na terra, sem o uso de fertilizantes minerais, e o cultivo sem o uso de agrotóxicos, por meio de ações que buscam o equilíbrio natural dos componentes do solo.
Esse trabalho tem resultado em geração de renda para a dona do sítio, que faz entrega de produtos toda a semana na Região, por meio das encomendas.
Este é mais um exemplo sustentável, dentro da Campanha “Recicle Suas Atitudes” do UNISAL.

 

9º Encontro de Alemães no UNISAL fala de sustentabilidade

Os idiomas se misturaram neste dia 07/02/17 no UNISAL Lorena. A sustentabilidade foi um convite aos europeus durante o 9º encontro entre brasileiros e alemães realizado pelo UNISAL, o 1º em 2017.

xxENCONTRO ALEMÃES-PRIMEIRO DO ANO UNISAL (56)

Alunos do Mestrado da Steinbeis, Berlim, participaram do evento.  Esta edição contou com aproximadamente 50 Alunos, dentre eles Amanda Fernandes e Igor Kolesnikov do UNISAL.

Os europeus se encantaram pela cultura, pelo espírito caloroso e pela programação de peso preparada pelo UNISAL. Eles conheceram a infraestrutura da Unidade Lorena, interagiram com os brasileiros por meio de dinâmicas nos Laboratórios de Práticas e LMI (Laboratório de Metodologias Inovadoras).

xxENCONTRO ALEMÃES-PRIMEIRO DO ANO UNISAL (82)

A programação foi coordenada pelos professores Cleginaldo Pereira, Fabiano Dias, Leandro Costa, que falou sobre o Centro de Empreendedorismo do UNISAL, e Nazem Nascimento, responsável pela delegação alemã. A dinâmica de grupo teve como tema: Sustentabilidade/ Energias renováveis. Eles apresentaram o que seria uma casa sustentável.

xxENCONTRO ALEMÃES-PRIMEIRO DO ANO UNISAL (98)

Os Alunos do UNISAL que participarem do evento terão horas como atividades complementares.