Cooperativa Amigos do Lixo vira parceira do UNISAL na Coleta Seletiva

VISITA À COOPERATIVA AMIGOS DO LIXO (8) foto valida

 Uma visita à Cooperativa Amigos do Lixo é um convite feito a todos que querem conhecer o destino correto dos resíduos produzidos diariamente pelos cidadãos. Inclusive, a você, Ex-Aluno.

Na Região Metropolitana do Vale estima-se que de 39 municípios, apenas 10 tenham aterros sanitários para depósito desse material. Mas todo aterro tem vida útil. Em Taubaté e São José dos Campos, as maiores cidades do Vale, a vida desses locais está por um fio, com os dias contados.

Se cada pessoa produz por dia 1 quilo de lixo/dia, o cálculo, é no mínimo, assustador. Afinal, a RM Vale conta com mais de 2.7 milhões de habitantes.

Um jeito de diminuir essa quantidade é reciclando, quando  for possível, quando as cidades oferecem infraestrutura.

Desde o dia 16 de fevereiro de 2017 o UNISAL Lorena deu início a uma parceria inédita com a Cooperativa Amigos do Lixo.

A ação faz parte do Plano Institucional de Sustentabilidade do UNISAL.

Todo o lixo reciclável está sendo depositado em lixeiras instaladas em toda a infraestrutura do UNISAL. No total, são 44 conjuntos padronizados para o depósito de papel, plástico, metal e orgânico. Esses itens foram escolhidos por serem considerados os de maior descarte por parte da Comunidade acadêmica do UNISAL.

coleta seletiva- lixeiras foto site

Mas outros setores que têm lixos específicos, como são os casos da Limpeza e Manutenção também passaram a direcionar lixos para a Cooperativa. São os casos de recipientes plásticos específicos,  ferragens, cobre, arames, canos e tubos PVC, por exemplo.

O depósito de todo o lixo reciclável é feito em um espaço localizado no estacionamento do UNISAL, onde antes funcionava um incinerador.

A equipe do Plano Institucional de Sustentabilidade quis saber como é o real caminho do lixo. E foi conhecer a Cooperativa no dia 29 de março de 2017.

A Cooperativa foi fundada em 2000. Hoje funciona à rua Alfonso Giannico, 700 – Pedregulho, Guaratinguetá. Lá há cerca de 30 cooperados, entre jovens, adultos e idosos.

VISITA À COOPERATIVA AMIGOS DO LIXO (44) foto validaO espaço foi doado pela Prefeitura de Guaratinguetá, que cede também, por meio do SAEG (Serviço Autônomo de Agua e Esgoto) caminhão de grande porte, motorista e combustível para que possam fazer a retirada de lixo reciclável em empresas e shoppings da Região.

Notícia publicada pela SAEG, em 2014, revelava números preocupantes quanto à quantidade de lixo arrecada pela Cooperativa. Em média, a coleta mensal era de 100 toneladas de resíduos/mês, passando para 30 toneladas/mês, por conta do grande crescimento de catadores de lixo, que também fazem um serviço digno.

Apesar da preocupação, no galpão o serviço não para. De segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, mãos dão destino correto a cada tipo de “lixo reciclável”. Todo o material coletado pela Cooperativa é separado em sacos grandes. No caso de papelão, alumínio, revistas, tudo é prensado e vendido para empresas de São Paulo. No caso de lâmpadas fluorescentes, o material é destinado para um casal de artesão da cidade de Potim, que faz do produtos artes incríveis. Confira aqui.

A Cooperativa nasceu da necessidade de se erradicar o lixão, que representava um fator negativo para Guaratinguetá na questão do meio ambiente. Um local no qual a presidente da Cooperativa, Claudinéia Aparecida, passou boa parte da infância com a mãe. “A gente separava o lixo desde pequena, o que me preparou para trabalhar hoje à frente da Cooperativa”, afirma Claudinéia.

VISITA À COOPERATIVA AMIGOS DO LIXO (23)foto valida

A irmã de Claudinéia, Rosana Aparecida, também afirma que aquilo que é lixo para a maioria dos cidadãos é sustento para ela e outras 29 famílias há quase duas décadas. “Pensem bem antes de descartarem corretamente o lixo, quando separamos o que podemos ajudamos a melhorar o meio ambiente”.

Ao depositar o lixo no recipiente correto informado na parte externa do lixo, toda a comunidade acadêmica e externa colabora com o Plano Institucional de Sustentabilidade, com a Cooperativa e com o universo mais sustentável.

Confira o material que fizemos sobre o que é e  o que não é reciclável.

 placa coleta seletiva em png

Quer saber mais sobre a Cooperativa? Acesse o livro produzido pelo Professor do UNISAL, José Augusto Deccache, intitulado “Cooperativa de Trabalho como opção de Inclusão Social: Amigos do Lixo. Acesse aqui:

Ou assista ao vídeo de nossa visita à Cooperativa abaixo: Acesse: https://www.youtube.com/watch?v=SRC1Gs_U6as.

A Cooperativa está aberta para novas parcerias com empresas da Região. O telefone de contato é 01299621-0270.