Pra Sempre UNISAL | Ex-Alunos
alexandre-livro-1

“Após mais de 3 anos de um intenso trabalho de pesquisa e desenvolvimento de conteúdo, tenho o prazer de comunicar o lançamento do meu livro”.

A fala orgulhosa é de Alexandre Correa Lima, Ex-Aluno do Direito UNISAL. Ele divulga a sua primeira obra literária: “Pesquisas de Opinião Pública – teoria, prática e estudos de caso”, lançada pela Novatec Editora.

O trabalho reúne em 400 páginas a história da atividade, teorias psico-sociológicas, metodologia, margem de erro, interpretação de pesquisas, valores sociais, Big Data, Neuromarketing e muito mais.

livro-opiniao-publicaPara Alexandre, o livro é uma ferramenta importante para todo o tipo de público, em especial, aqueles pessoas que trabalham com Jornalismo, Publicidade, Ciência Política, Marketing ou Sociologia.

Alexandre criou um site e um vídeo para divulgar a nova obra. Basta acessar o site ou o vídeo no Youtube.

O livro está sendo vendido nos principais sites de livrarias do Brasil. Na Amazon, por exemplo, o exemplar é encontrado por R$63,77. Acesse neste link.

O lançamento acontecerá no dia 11 de abril, às 08h30 da manhã, na sede da ABEP (Associação Brasileira das Empresas de Pesquisa), na Rua 9 de julho, 4865 (conj. 31A), em São Paulo.

O evento contará com um bate papo sobre Opinião Pública com Alexandre Lima e o Sociólogo Paulo Cidade e depois, uma manhã de autógrafos. Os participantes do evento terão 30% de desconto no livro. A entrada é gratuita.

SOBRE O AUTOR

ALEXANDRE CORREA LIMA é fundador e Diretor Presidente da MIND PESQUISAS, é Pós-Graduado em Administração de Marketing, tem Master em Comunicação Empresarial e cursou a Escola Avançada de Pesquisa de Mercado na University of Georgia (Atlanta/EUA). É membro ativo da American Marketing Association.

Atua na coordenação, planejamento e execução de projetos de pesquisas diversas empresas, em suas múltiplas modalidades (qualitativa e quantitativa) e tipos: pesquisa de mercado, pesquisa de opinião pública, pesquisa eleitoral, pesquisa de audiência, pesquisa de clima organizacional, pesquisas satisfação de clientes e projetos ad-hoc (sob encomenda). Ao longo dos últimos 25 anos, coordenou e liderou milhares de projetos de pesquisas.

É Palestrante, Professor da FGV e em diversos cursos de MBA e Pós-Graduação.

formandos-pesquisa-unisal

Sejam-bem-vindos à rede de profissionais formados pelo UNISAL, Ex-Alunos!

Gostaríamos muito de saber sobre sua carreira, conquistas e participação no mercado de trabalho, nesta fase de conclusão do curso. Para isso, contamos com alguns minutos do seu tempo para que participe de um levantamento de informações que tem por objetivo mapear e caracterizar a inserção e a participação do formando no mercado de trabalho tendo-se por base a formação acadêmico-profissional efetivada no UNISAL Lorena, e assim, contribuir para a melhoria do curso frequentado por você.

Caso tenha realizado outros cursos, por favor, preencha as informações sobre o curso concluído em 2016.

Ao responder a este instrumento você concorrerá a 3 kits com itens do Programa Pra Sempre UNISAL que serão úteis para sua vida profissional.

Sua participação é muito importante para nós.

cadastro-mestrado-direito

Você concluiu o Mestrado em Direito pelo UNISAL Lorena? Quermos falar com você

O presente contato  tem como objetivo  estabelecer uma aproximação para nos inteirarmos de sua trajetória profissional, além de intensificar o contato para mantê-los cientes de eventos, publicações e  outras atividades do Programa de Mestrado do UNISAL Lorena.

Nesse sentido, gostaríamos de contar com sua contribuição no preenchimento deste formulário.

A participação de vocês, realizando o cadastro e respondendo aos questionamentos, é de extrema relevância para reformulações de propostas e melhorias no Programa de Mestrado, além de colaborar para o atendimento das exigências da CAPES.

Agradecemos a colaboração.

Iniciar!

lean-survey-marcos-paulo-2

Ex-Aluno desenvolve aplicativo sobre levantamento de dados no Brasil.

Muitos são os dados estatísticos divulgados pela imprensa, mas ainda há quem diga nunca ter visto um pesquisador na rua.

É para responder a essa dúvida, que surge a Startup Lean Survey.

O campo de exploração é bem fértil. De um lado, um grande mercado com organizações que precisam contratar serviços de pesquisa sobre vários segmentos. De outro, o usuário que faz um cadastro, coloca em prática as missões recebidas e dá vida às pesquisas na sua região por um benefício.

A startup já tem faturamento, obteve investimento e mostra que é possível fazer um levantamento com eficiência e rapidez, aponta reportagem da revista Pequenas Empresas, Grandes Negócios.

A empresa foi fundada por Alessandro Andrade e Fernando Salaroli, quando ainda eram alunos da USP. Em princípio, a ideia era apenas movimentar uma rede social em que você pudesse ter acesso aos dados de localização e entretenimento de seus amigos. “Os erros cometidos no outro negócio nos mostraram o que não fazer. Dessa vez, fizemos um plano de negócio e validamos vários pontos no mercado” – diz Alessandro para a PEGN.

lean-survey-marcos-pauloAo concluir que a Lean Survey tinha condições de ir longe, os novos empresários foram em busca de outro sócio. Eis que a qualificação ideal encontrou com a oportunidade. O graduado em Ciência da Computação pelo UNISAL Lorena, Marcos Paulo, foi convidado a integrar o time.

Ele é responsável pela criação da infraestrutura tecnológica, pesquisa e desenvolvimento de novos produtos, além de atuar no desenvolvimento de aplicações mobile e web.

[Aviso de spoiler]:  ”A partir de setembro vamos lançar uma versão 2.0 Android e IOS.” – adianta o Ex-Aluno.

A empresa ganhou destaque na mídia após uma manifestação contra o governo da presidente Dilma Rousseff em 12 de abril de 2015. Tanto que já foi pauta de sites como Draft, O Estado de SP, Revista Gol, Brasil Econômico, Portal Administradores, Catraca Livre, Terra, Ligado na Facul, PEGN, dentre outros.

Segundo os empresários, em situações  como essa foi possível provar a eficácia do sistema. “Conseguimos compilar os dados com mais rapidez que os institutos de pesquisa. Nossos resultados foram semelhantes aos deles, o que mostrou que somos confiáveis” – declara Alessandro.

Alessandro ainda apresenta mais detalhes de sua empresa.

Para o nosso usuário, a Lean Survey é um aplicativo de smartphone que paga dinheiro em troca do usuário entrevistar outras pessoas. Veja como fazer parte deste grupo de mais de 12 mil pesquisadores espalhados pelo Brasil. lean-survey-1

1. O usuário poderá se cadastrar em nosso site www.leansurvey.com.br e baixar o aplicativo na PlayStore.

2. Quando houver uma pesquisa para realizar na cidade/região que aquele usuário se encontra, ele receberá pelo e-mail  um convite para uma missão.

3. Esse convite vai dizer o que o usuário tem de fazer. Geralmente, as missões são para ele ir até um local e entrevistar pessoas de um determinado perfil (gênero, idade, classe social etc.), utilizando um questionário padrão que a empresa irá fornecer.

4. Se o usuário aceitar o convite, ele terá que passar por um treinamento em que será ensinado como ser um pesquisador, como abordar as pessoas para a entrevista, como se comportar durante a abordagem e conversa, o que fazer, o que não fazer etc.

5. Após essa etapa, ele fará uma prova rápida em que responderá algumas perguntas sobre o treinamento que fez. Se o usuário passar nessa processo, estará pronto para começar a realizar as entrevistas.

6. A empresa concede ao usuário pagamento por entrevistas que ele vier a fazer e que esteja de acordo com o objetivo da missão. Além disso, elas deverão seguir as diretrizes do treinamento. Geralmente, a pesquisa dura de uma a duas semanas, e um usuário poderá trabalhar de 1 a 2 dias em cada levantamento.

A partir de agora, todos podem ser pesquisadores. Faça parte dessa iniciativa inovadora! Aproveite para curtir a Fanpage da empresa.

 

grasiele-nascimento

A primeira Comissão de Pesquisa e Pós-Graduação em Direito da OAB  (Ordem dos Advogados do Brasil) criada no Brasil vai ter uma representante do UNISAL – Centro Universitário Salesiano de São Paulo, Unidade Lorena, a Professora Doutora Grasiele Augusta NascimentoDiretora Operacional e Ex-Aluna da Unidade. O novo grupo, o qual teve Portaria publicada em 29 de junho, pretende colaborar para o desenvolvimento da pesquisa nos Cursos de Graduação e Pós-Graduação em Direito.

Na página da Comissão em uma rede social há a seguinte postagem:

“A Comissão de Pesquisa e Pós-Graduação em Direito da OAB/SP, que tem por objetivo cooperar com a formação e aprimoramento de pesquisadores, especialistas, mestres e doutores capazes de enfrentar novos desafios científicos com independência intelectual, de forma a contribuir para o progresso científico, econômico e social do país com atenção às demandas atuais da sociedade e onde se promova o diálogo entre os pares em nível nacional e internacional de forma a democratizar e compartilhar o conhecimento.”

As atividades irão acontecer em São Paulo, mas com foco em todo o país.

Confira outros integrantes da Comissão na galeria de fotos abaixo.

Além de ser um reconhecimento para o UNISAL que tem um dos Cursos de Direito e Mestrado na área mais tradicionais da Região Metropolitana do Vale e Litoral Norte.

Biografia de Grasiele

A Professora Grasiele Augusta Ferreira Nascimento é professora, pesquisadora e mãe de duas meninas, Gabriela e Valentina. Atuou por 13 anos no Curso de Mestrado em Direito do UNISAL, Unidade Lorena. Desde o início deste ano, passou a representar a Direção Operacional do UNISAL. É também docente na Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá (FEG/UNESP). Membro do conselho editorial da Revista Direito & Paz e membro da Academia de Letras de Lorena (ALL), ocupa a cadeira de número 10, cujo patrono é seu falecido pai, Sr. Guido Gilberto do Nascimento. É também autora de 4 livros e 13 obras coletivas, entre as quais: Proteção Contra a Discriminação da Mulher na Relação Laboral: questões relevantes enfrentadas pelos ordenamentos jurídicos do Brasil e de Portugal; Direito das Minorias: proteção e discriminação no trabalho; A Educação e o Trabalho do Adolescente.  Também é autora de 36 capítulos de livros e de 44 artigos publicados em periódicos jurídicos nacionais e internacionais.

como-redigir-texto-otimizado

Provavelmente você já deve ter ouvido falar muito sobre otimização, SEO, SEM, mecanismos de busca, dentre outros termos. Eu também. Aliás, trata-se de algo de extrema importância para que os conteúdos publicados na Internet sejam encontrados mais facilmente, dentre as inúmeras opções que se apresentam. Mas você sabe, de fato, como redigir um texto otimizado?

Confesso que eu ainda estou aprendendo as técnicas, mesmo por que meus conhecimentos são baseados em experiências “de usuário” e não de um programador que conhece muito bem os códigos por trás de todo esse conteúdo.

Em outra ocasião escrevi o texto Como realizar uma apresentação poderosa e mencionei que aquelas dicas valiam para várias tarefas, inclusive para a de redigir um texto. Desde já afirmo que aquelas dicas continuam sendo válidas, mas se você, puder aliá-las ao que vou apresentar agora, terá grandes chances de melhorar seu posicionamento nos resultados do Google (na chamada SERP).

Vamos às dicas para você redigir um texto otimizado:

0. Defina a palavra-chave do texto. Ela quem vai te dar condições de estruturar todo o restante. Pode ser uma única palavra (Ex: otimizado) ou uma expressão (Ex: texto otimizado).

1. Crie um título envolvente. Aproprie-se se expressões como: Faça, Tenha, Como conseguir, Como fazer, 5 dicas sobre, 10 fatos que você não sabia sobre. O ideal é que o título contenha a palavra-chave e não ultrapasse o limite de 65 caracteres.

2. Estruture o 1º parágrafo. Além de introduzir o leitor ao assunto que será abordado, é importante que a palavra-chave esteja presente nele.

3. Redija um texto de mais de 300 palavras. Mas não ultrapasse muito. Com essa quantia você consegue escrever com coesão sem ficar cansativo para o leitor. Deixe um espaço entre os parágrafos para ajudar a leitura.

4. Utilize o esquema de lista. Esta não é uma regra, mas sim uma sugestão. As listas são objetivas e fáceis de serem lidas. É preciso pensar na experiência do usuário que quer algo direto.

5. Repita a palavra-chave no decorrer do texto. Faça isso com cuidado para que não fique exagerado. Coloque as palavras mais importantes em negrito ou itálico, também com moderação.

6. Crie links. Seja para posts internos, seja para externos. Isso contribui para criar uma dinâmica de leitura no seu site e melhorar sua autoridade, pois reflete as “relações” que seu negócio possui com outros sites de renome.

7. Utilize o cabeçalho. É como um subtítulo que também deve conter a palavra chave.

8. Insira ao menos uma imagem. No nome dela também deve conter a palavra-chave. Se o texto for muito grande, utilize imagens em sua extensão para dar uma quebra na leitura e não deixá-lo cansativo.

9. Edite a url. Nela deve conter o título do texto. Retire os termos como no, na, do, da, e. Além de deixá-la mais curta, dá o foco para os termos principais e ajuda o buscador.

10. Utilize as tags. Insira a palavra-chave e outros termos relacionados.

Essas foram algumas dicas que eu procuro adotar em meus textos, mas como disse, estou aprendendo. Existem outras tantas atividades que você pode fazer para deixar o seu site mais “encontrável” pelo Sr. Google… O Viver de Blog compartilha muitas dicas legais também que você pode ler aqui.

Agora repare! Este texto foi escrito com base nas dicas apresentadas. Legal, não é? Se achar que faltou algo, podemos continuar o papo. A gente se vê!

Adriana Neves concluiu o MBA em Gestão de Pessoas no UNISAL Lorena em 2014. Atualmente é Assistente de Comunicação e Marketing.

1-encontro-pesquisa-11-08-15-sjose-9

Em 11 de agosto, o 1° Encontro de Pesquisa: Apresentação dos Resultados do Programa de Iniciação Científica  foi aberto pelo Diretor Anderson Barbosa e conduzido, pela Prof.ª Zaida Jova Aguila, que apresentou a Iniciação Científica do UNISAL aos presentes.

1-encontro-pesquisa-11-08-15-sjose-7

Alunos expuseram seus trabalhos de pesquisa e relataram os ganhos pessoais e profissionais adquiridos com a experiência. O encontro também teve a participação do Ex-Aluno Thiago Rodrigues Gonçalves, formado no Curso de Engenharia de Automação em junho de 2015, que falou sobre seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), “Cortador de Gramas Controlado Via Bluetooth: um exemplo de criatividade decorrente das condições criadas pelo confronto com problemas de pesquisa.” Ao final, Eduardo Sartori, Coordenador Institucional de Incentivo à Pesquisa do UNISAL, incentivou os participantes a desenvolverem novos temas de pesquisa.

FORMATURA-FILOSOFIA-2014 (4)

O Programa de Relacionamento com o Ex-Aluno do Centro Universitário Salesiano de São Paulo – UNISAL – Unidade Lorena iniciou uma pesquisa junto aos formandos e ex-alunos para saber como estão atuando em sua profissão e como está o mercado de trabalho.

A pesquisa pretende levantar informações sobre a participação dos egressos no mercado de trabalho e o quanto a formação recebida no UNISAL está presente no exercício da profissão.

As informações obtidas com a pesquisa serão encaminhadas aos cursos e poderão contribuir para possíveis ajustes e atualizações que levem à melhoria da educação oferecida pelo UNISAL.

Caso o egresso tenha realizado mais de um curso no UNISAL Lorena, deverá preencher as informações sobre o último curso concluído.

Ao responder ao questionário, todos concorrerão a três kits de livros de sua área.

No site da pesquisa estão disponíveis dois breves questionários, para serem respondidos de acordo com cada perfil (formando ou ex-aluno). Em caso de dúvidas, os participantes podem escrever para adriana.neves@lo.unisal.br.

Para acessar a pesquisa, clique no botão correspondente ao seu perfil até o dia 09 de fevereiro de 2015.

*Período para participação encerrado. Em breve o resultado do sorteio.