Pra Sempre UNISAL | Ex-Alunos
como-redigir-texto-otimizado

Provavelmente você já deve ter ouvido falar muito sobre otimização, SEO, SEM, mecanismos de busca, dentre outros termos. Eu também. Aliás, trata-se de algo de extrema importância para que os conteúdos publicados na Internet sejam encontrados mais facilmente, dentre as inúmeras opções que se apresentam. Mas você sabe, de fato, como redigir um texto otimizado?

Confesso que eu ainda estou aprendendo as técnicas, mesmo por que meus conhecimentos são baseados em experiências “de usuário” e não de um programador que conhece muito bem os códigos por trás de todo esse conteúdo.

Em outra ocasião escrevi o texto Como realizar uma apresentação poderosa e mencionei que aquelas dicas valiam para várias tarefas, inclusive para a de redigir um texto. Desde já afirmo que aquelas dicas continuam sendo válidas, mas se você, puder aliá-las ao que vou apresentar agora, terá grandes chances de melhorar seu posicionamento nos resultados do Google (na chamada SERP).

Vamos às dicas para você redigir um texto otimizado:

0. Defina a palavra-chave do texto. Ela quem vai te dar condições de estruturar todo o restante. Pode ser uma única palavra (Ex: otimizado) ou uma expressão (Ex: texto otimizado).

1. Crie um título envolvente. Aproprie-se se expressões como: Faça, Tenha, Como conseguir, Como fazer, 5 dicas sobre, 10 fatos que você não sabia sobre. O ideal é que o título contenha a palavra-chave e não ultrapasse o limite de 65 caracteres.

2. Estruture o 1º parágrafo. Além de introduzir o leitor ao assunto que será abordado, é importante que a palavra-chave esteja presente nele.

3. Redija um texto de mais de 300 palavras. Mas não ultrapasse muito. Com essa quantia você consegue escrever com coesão sem ficar cansativo para o leitor. Deixe um espaço entre os parágrafos para ajudar a leitura.

4. Utilize o esquema de lista. Esta não é uma regra, mas sim uma sugestão. As listas são objetivas e fáceis de serem lidas. É preciso pensar na experiência do usuário que quer algo direto.

5. Repita a palavra-chave no decorrer do texto. Faça isso com cuidado para que não fique exagerado. Coloque as palavras mais importantes em negrito ou itálico, também com moderação.

6. Crie links. Seja para posts internos, seja para externos. Isso contribui para criar uma dinâmica de leitura no seu site e melhorar sua autoridade, pois reflete as “relações” que seu negócio possui com outros sites de renome.

7. Utilize o cabeçalho. É como um subtítulo que também deve conter a palavra chave.

8. Insira ao menos uma imagem. No nome dela também deve conter a palavra-chave. Se o texto for muito grande, utilize imagens em sua extensão para dar uma quebra na leitura e não deixá-lo cansativo.

9. Edite a url. Nela deve conter o título do texto. Retire os termos como no, na, do, da, e. Além de deixá-la mais curta, dá o foco para os termos principais e ajuda o buscador.

10. Utilize as tags. Insira a palavra-chave e outros termos relacionados.

Essas foram algumas dicas que eu procuro adotar em meus textos, mas como disse, estou aprendendo. Existem outras tantas atividades que você pode fazer para deixar o seu site mais “encontrável” pelo Sr. Google… O Viver de Blog compartilha muitas dicas legais também que você pode ler aqui.

Agora repare! Este texto foi escrito com base nas dicas apresentadas. Legal, não é? Se achar que faltou algo, podemos continuar o papo. A gente se vê!

Adriana Neves concluiu o MBA em Gestão de Pessoas no UNISAL Lorena em 2014. Atualmente é Assistente de Comunicação e Marketing.

marketing-digital-unisal

imagem da empresa é um dos aspectos mais delicados e precisa ser levado em consideração em todas ações, seja ela de pequeno, médio e grande porte. Em se tratando de um mundo conectado em que vivemos, essa imagem vai além dos espaços físicos e se transporta à internet facilmente. Por isso as empresas devem se preocupar também com a imagem que ela possui na internet para que seja condizente às suas políticas organizacionais.

Abaixo seguem as vantagens de se investir em Marketing Digital de Relacionamento:

> Demonstra transparência, organização e credibilidade
> Facilita e agiliza a comunicação com os clientes
> Demonstra a preocupação e o cuidado com os clientes
> Contribui para a busca no Google
> Melhora a imagem da empresa
> Possibilita informações e conteúdos informais que aproximam os clientes

Contudo é preciso destacar que as estratégias devem sempre estarem alinhadas a filosofia da empresa e as ações presenciais, ou seja, o digital deve estar alinhado com o real.

Dessa forma as empresas conseguem bons resultados e fortalecem o contato contínuo com seus clientes de forma natural.

Adriana Neves concluiu o MBA em Gestão de Pessoas no UNISAL Lorena em 2014. Atualmente é Assistente de Comunicação e Marketing.