Pra Sempre UNISAL | Ex-Alunos
escolhas-coach

Nossa vida é feita de escolhas e existem escolhas que são importantíssimas para a nossa vida e para nosso futuro, como escolher uma profissão, área de atuação, ou uma carreira…

O que vivemos hoje é reflexo de nossas decisões, por isso o autoconhecimento é tão importante em nossas vidas e para nossa carreira, pois quanto mais eu me conheço mais assertivas serão as minhas escolhas. O processo de coaching de carreira poderá lhe ajudar no processo da redescoberta de si mesmo, identificando novas possibilidades de ação.

Veja alguns benefícios que o coaching poderá lhe proporcionar por meio do autoconhecimento:

- Possibilita ao jovem, em início de carreira, obter sucesso em uma entrevista de emprego a uma vaga de estágio ou trainee, pois é por meio do autoconhecimento, que ele saberá quais habilidades e competências que mais o destacam e também no que ele considera que pode agregar valor, além de poder buscar empresas que estejam de acordo com essas habilidades e valores e, com isso encontrar satisfação e a consequente realização no trabalho.

- Ajuda o Universitário que está em dúvida quanto à formação que escolheu a encontrar o caminho para a sua realização profissional a partir de suas aptidões e habilidades. Assim como também, auxiliará o profissional já inserido no mercado de trabalho, que se sente travado e com medo, sem organização, disciplina e foco a direcionar as suas escolhas e tomar as decisões corretas, não permitindo que se deixe levar pelo automático, sem saber onde quer chegar, direcionando-o a encontrar um foco em sua carreira de forma clara e assertiva, através da visualização de seus pontos fortes, como também daqueles que precisam ser desenvolvidos. Isso possibilitará quebrar as barreiras e crenças limitantes, aumentando a autoconfiança, o que lhe permitirá explorar todo o seu potencial para atingir os resultados que espera, levando-o a se sentir importante em suas atividades, realizado e satisfeito.

Para quem sente a necessidade de uma redescoberta de si, o processo de coaching é muito indicado. O autoconhecimento, sem dúvida, é a chave que vai abrir portas para a realização profissional. Vale a pena!

Entre em contato pelo e-mail contato@deboraalvescoaching.com.br, informando o telefone para contato e saiba mais sobre o processo de Coaching.

Débora Alves concluiu o curso de Psicologia no UNISAL em 1999. Atualmente é coach.

7-comportamentos-sucesso-2

Quando se passa algum tempo trabalhando com executivos e empreendedores é impossível não observar e perceber o que funciona e principalmente o que não funciona para se alcançar sucesso nos negócios.

Embora para alguns pareça mito, existem comportamentos que estão presentes na maioria das pessoas que conseguem tirar suas ideias do papel e transforma-las em negócios lucrativos.

Características intrínsecas, hábitos, habilidades… muitos são os fatores que atuam diretamente sobre a nossa personalidade e são responsáveis por caracterizarem e formarem pessoas bem sucedidas.

O comportamento é o que difere os homens dos meninos, no caso, o que diferencia empreendedores de pessoas que não conseguem sair do lugar.

Todos nós possuímos alguma deficiência nesse sentido e o quanto antes conseguirmos identificar quais são elas, mais rápido poderemos adotar ações corretivas e assim minimizar seus impactos negativos em nossa vida pessoal e profissional.

Quando se é empreendedor ou quando se ocupa algum cargo de liderança, nem sempre é comum receber feedbacks. A importância do cargo ou o nível hierárquico dentro da empresa muitas vezes inibe que as pessoas sejam sinceras e nos indiquem possíveis pontos de melhoria, dificultando assim, a percepção de nossas ações negativas e suas consequências.

Assim como o empreendedor deve desenvolver a habilidade de se motivar para inspirar a outras pessoas, é necessário também que realize constantemente processos de auto análise, buscando se conhecer cada vez mais.

Pode parecer estranho, mas nos conhecermos a fundo é um processo de longo prazo que requer exercícios, percepção e inclusive a ajuda de pessoas especializadas.

O quanto você acha que se conhece? Vamos praticar?

Reflita e procure responder com o máximo possível de sinceridade:
> Como você reage sob estresse? Nessa condição tem dificuldade de tomar decisões?
> Você cumpre sempre compromissos? Nas exceções, sob quais circunstâncias?
> Como você interage com outras pessoas? Sua postura é sempre ética e igualitária?
> O quanto você está disposto a trabalhar para fazer algo bem feito?
> Você tem a preocupação de desenvolver suas atividades com o máximo de qualidade ou com o mínimo aceitável?
> Você é focado e disciplinado ou dispersa e se distrai com facilidade?

As respostas para essas perguntas podem dizer muito sobre você. E o principal, podem sinalizar o que desencadeia reações positivas e negativas em seu comportamento, mas isso é assunto para outro post.

Se você quiser transformar o seu negócio em algo realmente grande, mesmo que ainda não esteja empreendendo, dê uma boa olhada no espelho e procure identificar se algum desses comportamentos limitantes estão presentes em sua personalidade. Caso sim, procure trabalhá-los o mais rápido possível, assim estará trazendo seus objetivos para mais perto de você:

Ingenuidade

Aprenda a questionar tudo o que lê, ouve e aprende. Sempre considere também sua fonte.
Quem empreende ou pretende empreender, precisa buscar constantemente informações e transforma-las em conhecimento prático. Porém, é preciso sempre considerar se a informação é correta, ou se a fonte a está repassando de forma integral e imparcial, sem omissões ou interesses.
Não existem verdades absolutas. Não é porque a maioria das pessoas acredita em algo que ele está correto. Duvide, busque e tire sempre suas próprias conclusões.

Pânico

Situações de alta pressão são comuns no mundo dos negócios. As coisas quase nunca saem como planejado e, muitas vezes dão terrivelmente errado.
Se você não consegue conter a adrenalina e manter a calma em uma crise, certamente tomará muitas decisões erradas e impensadas.
Manter a serenidade favorece o raciocínio lógico e a lucidez, indispensáveis em situações de risco.

Fanatismo

A paixão é um grande condutor de sucesso, mas em excesso pode transformar-se em fanatismo. Tenha cuidado para que ela não trabalhe contra você, levando-o a ter uma percepção distorcida da realidade.
Pessoas apaixonadas por uma ideia tendem a se fechar para opiniões divergentes. Tornam-se cegas, surdas e mudas, oferecendo um grande risco ao negócio.

Preguiça

Para se conseguir êxito em um empreendimento é preciso ter visão de longo prazo e trabalhar muito. É por isso que empreendedores bem sucedidos estão sempre tão focados e em constante atividade.
Infelizmente a grande maioria das pessoas é preguiçosa, procrastinam ao máximo suas tarefas, mesmo as que consideram importantes, o que as deixam cada vez mais distantes de seus objetivos.
Steve Jobs disse: “Metade do que separa os empreendedores de sucesso dos mal sucedidos é a perseverança.” Atualmente, tem se buscado cada vez mais gratificações instantâneas. Porém, no mundo real elas não vem antes de muita dedicação.

Egoísmo

Se você agir como se o mundo girasse em torno de você, o máximo que irá conseguir é que as pessoas se afastem. E isso diminuirá sua eficácia.
Com esse comportamento, como fará sua ideia prosperar? Negócios não se referem apenas a você. Eles envolvem pessoas e suas experiências com os seus produtos e serviços.
Lembre-se, clientes e colaboradores é você quem primeiro deve servir.

Nostalgia

Sem dúvida nós podemos aprender muito com o passado, mas se prender excessivamente ao que já passou é autodestrutivo. Da mesma forma, você pode planejar e sonhar com o futuro, mas se suas ações não estiverem focadas no presente, nunca irá conseguir transformar seus projetos em realidade.

Hipersensibilidade

Se você tem problemas para lidar com críticas e qualquer objeção lhe incomoda, certamente terá muitos problemas no mundo dos negócios.
Ninguém consegue estar certo 100% do tempo e errar faz parte de todo processo de aprendizado. É preciso saber lidar com opiniões divergentes e usá-las como feedback para o seu crescimento.
Líderes bem sucedidos costumam ter um apurado senso de humor e uma dose extra de humildade.

Uma última coisa. Se alguma dessas características está presente em seu comportamento, saia do piloto automático e reflita sobre elas.
O primeiro passo para solucionarmos problemas é sabermos que eles existem.

Alexandre Espada concluiu o curso de Ciência da Computação no UNISAL Lorena em 2010. Atualmente é gerente de projetos.

disponivel-imediato-sera-2

Realizar sonhos e colocar ideias em prática exige energia e disponibilidade verdadeira.

Certa vez, quando estava no início de um novo ciclo, uma querida amiga me disse:“Cuide bem disso, porque sonhos, projetos e relacionamentos são como plantas, se você não estiver disposto a cuidar, morrem”. E morrem mesmo! Pensei em quantas ideias abandonei no meio do caminho. Lembrei dos projetos em que eu realmente me empenhei e trabalhei duro por eles e que hoje, me enchem de orgulho!

O que faz uma ideia ser levada adiante é a sua disponibilidade para colocá-la em prática. Óbvio? Nem tanto. Não é sempre que estamos dispostos a cuidar do que nos propomos a fazer. Ter disponibilidade vai além da frase “Disponível para início imediato”, sempre presente nos currículos. Será mesmo que você está disposto para começar agora?

Essa tal disponibilidade também vale para nossa vida pessoal. Uma amizade que não carrega disponibilidade para compreender, ouvir e falar a verdade, morre. Um casamento que não tem o mínimo de disponibilidade para a compreensão das diferenças, morre. E um sonho nunca deixará de ser sonho, se o sonhador não tiver disponibilidade para encarar os desafios que, um dia, transformarão seus sonhos em realidade.

Gosto muito do exemplo de disponibilidade das mães. Mães gastam uma energia imensurável para cuidar, educar e proteger seus filhos. Entre tantas felicidades desta vida, amar traz a incrível força para ter disponibilidade! Então, se for preciso, coloque mais amor ao seu jeito de fazer as coisas. Lembre-se de como a sua mãe está sempre disponível para ajudar.

Assim como felicidade, disponibilidade não é coisa de gente preguiçosa. É preciso ter coragem para levantar todos os dias, recomeçar, fazer uma prece, tomar um café e, como diz a nova música do Arnaldo Antunes: “Põe fé que já é”!

Tente! Com o tempo, você vai notar que ter disponibilidade muda muita coisa. Aconteça o que acontecer, esteja disposto e de coração aberto. A fórmula é antiga, mas a necessidade deste comportamento é urgente.

Vanessa Espíndola concluiu o MBA em Gestão de Pessoas no UNISAL Lorena em 2014. Atualmente é Palestrante e Assessora de Imprensa e Produção de Conteúdo.

5-passos-curriculo-cha-unisal

Desde que iniciei a Faculdade de Tecnologia em Gestão Empresarial, em 2007, ouço falar em CHA. Algo tão bom quanto uma bebida, tradicionalmente quente, que além de ser saudável pode lhe trazer muitos ganhos.

O CHA que me refiro é a famosa abreviação de Conhecimentos, Habilidades e Atitudes, competências imprescindíveis para o profissional que quer se destacar no mercado de trabalho.

Em 2012, quando iniciei o MBA em Gestão de Pessoas no UNISAL, também ouvi muito sobre o CHA e pude compreender a importância dele, não só para o candidato a uma vaga de trabalho, mas também para o recrutador. Entretanto, demorou um tempo para que eu pudesse perceber como o CHA poderia ajudar-me efetivamente na construção de um currículo. Ora! Se o conceito apresenta as competências que o profissional precisa ter e que o mercado está precisando, por que não desenvolver um currículo com base nele?

Recentemente recebi um currículo de uma aluna de Ensino Superior com muitas falhas, não somente na escrita, mas também na clareza do documento, que pode ser a primeira porta de entrada no mercado. Isso mesmo! O currículo é um documento que, como todos os outros, merece ser tratado com cuidado.

Vejo a deficiência, não só de universitários, mas também de pessoas formadas ou pós-graduadas em desenvolver um currículo que “fale a língua” dos recrutadores. Por isso, gostaria de compartilhar aqui 5 passos para desenvolver um currículo com base no CHA:

1. Apresente-se!

A primeira atitude que você deve se adotar é inserir seus dados pessoais:

- Nome (sempre com destaque) – Telefone – E-mail – Endereço

Dependendo da vaga, é interessante inserir a informação referente à Carteira de Habilitação e se tem disponibilidade para viajar.

Insira foto somente se a vaga exigir.

2. Foque no objetivo!

Vejo muitas pessoas errarem justamente neste quesito. Ou seja, já começam errando.

Caso você pretenda enviar o currículo para uma vaga específica, vá direto ao ponto.

Por exemplo:

Você quer concorrer a uma vaga de Analista Financeiro. No objetivo você pode escrever: “Ser contratado como Analista Financeiro.” Ou “Ocupar a função de Analista Financeiro”.

Nada de “participando”, “colaborando”, “crescendo com a empresa”. Isso tudo, além de ser clichê, não diz muita coisa.

Caso você queira entregar um currículo para ficar armazenado em um banco de dados para vagas futuras, uma boa opção de texto é “Fazer parte da empresa de acordo com minhas competências”.

Caso não saiba o que escrever nos objetivos é recomendável que deixe em branco a escrever um monte de palavras bonitas que ninguém vai ler. As pessoas que pegam seu currículo já sabem que você deseja trabalhar ali. Ok?

3. Seja rápido e direto!

Cada vez mais as informações precisam ser concisas e claras. Com o Gestor de RH não é diferente, por isso a necessidade de um currículo apenas com as informações mais pertinentes.

Insira somente o que for mais relevante para a vaga. Utilize uma folha no máximo.

Somente pessoas muuuuuito experientes precisam de 02 folhas. Pense nisso: Uma folha é o suficiente!

4. Divida o currículo!

Com base no conceito do CHA, o seu currículo perde aquela velha divisão de Formação Acadêmica, Experiência Profissional etc. Não que essas informações não serão utilizadas, elas serão inseridas de uma nova forma:

Conhecimentos: Diz respeito ao SABER. Insira neste item a sua formação acadêmica, faça uma lista dos cursos mais atuais para os mais antigos. Elimine os mais antigos se precisar dar espaço para outros. Priorize aqueles que tiverem mais a ver com seu perfil ou com a vaga. Mais importante que a quantidade de cursos são as atividades realizadas a partir dele. Por exemplo: trabalhos, projetos, TCC, artigos etc. Essas atividades podem estar em baixo de casa curso citado.

Habilidades: Significa “SABER FAZER”. Aqui você pode inserir sua experiência profissional, das mais atuais para as mais antigas também. Em baixo de cada experiência, insira quais foram os ganhos profissionais e para a instituição, ou seja, como você conseguiu aplicar seus conhecimentos no seu ambiente de trabalho. Por exemplo: Algum projeto de melhoria de processo, redução de custo, aumento nas vendas etc. Por via das dúvidas, é importante sempre ter algum documento que comprove essas informações.

Atitudes: Quer dizer “QUERER FAZER”. Neste item você deve inserir as informações que comprovem sua capacidade de colocar em prática os conhecimentos e as habilidades apresentadas acima. Por exemplo: trabalhos voluntários, palestras ministradas, decisões arriscadas que foram tomadas, resultados a longo prazo etc.

5. Deixe um gostinho de “quero mais”!

Como já dito anteriormente, o currículo não pode ser algo extenso, por isso muitas informações acabam ficando fora.

Uma forma que encontramos de suprir esse possível problema está em deixar um endereço online que contenha mais informações sobre você.

Recomendo deixar o link do Currículo Lattes e do site pessoal, se houver.

Dependendo da sua área de atuação, você também pode divulgar o endereço de suas redes sociais. Mas para isso é preciso muuuito bom senso, ok? Não insira as redes sociais se você não estiver certeza do que os recrutadores irão encontrar e se irão gostar.

Independentemente de qualquer endereço que você coloque, fique atento para que ele direcione o recrutador para um conteúdo atualizado e de acordo com a imagem que você deseja passar.

Essas foram algumas singelas recomendações para que seu currículo tenha um diferencial nas mãos do seu futuro empregador. Mas atenção!  Não há uma regra pronta. O currículo é seu cartão de visita e merece ser apresentado da melhor forma possível. Cuide da aparência e também do conteúdo. Caso você ainda não conheça esse tal de CHA, deixo aqui a indicação de uma leitura: “CHA – Conhecimento, Habilidade e Atitude”.

Bom trabalho a todos!

Sou Adriana Neves, do PROGRAMA PRA SEMPRE. Abraço!

Adriana Neves concluiu o MBA em Gestão de Pessoas no UNISAL Lorena em 2014. Atualmente é Assistente de Comunicação e Marketing.

5-dicas-networking-unisal

Pense em um manual do bom profissional. Pensou?

O Programa PRA SEMPRE adianta que neste material deve haver um item importantíssimo: a construção da carreira.

A atividade até parece simples, repleta de paixões, desejos, ambições saudáveis e cheias de aventura, mas  requer planejamento e foco no objetivo principal.

Saber se conectar com as pessoas certas é  sinônimo de passos  largos em direção ao sucesso. Por isso fala-se tanto em networking. Mas você sabe o que é o verdadeiro networking?

Muita gente trata o networking como sendo algo interesseiro, um caminho de via única. Antes de iniciar efetivamente as dicas é necessário destacar que o verdadeiro networking exige troca e abertura para  o desconhecido, além de se colocar a disposição do outro.

Para Andrew Vest “O verdadeiro networking ocorre quando há um entendimento de que todos têm igual valor. Em sua forma mais pura, é sobre pessoas aproveitando o contato com outras pessoas para comunicar paixões e se conectar com outras pessoas que compartilham essas paixões.”

Após a leitura do texto “How To Network The Right Way: Eight Tips”, é possível reunir os pontos mais importantes em 5 dicas que irão contribuir para que você realize um networking eficaz e verdadeiro.

1. Comece antes de precisar

Muitas pessoas se atentam ao networking somente quando precisam – por exemplo, de um emprego, de uma parceria ou de um investimento. Nesse momento, as pessoas identificam quem são aqueles que estão somente interessados em ter algo em troca. É necessário enxergar o networking, não como uma fase, mas sim como uma postura que deve ser adotada constantemente.

Quando você não está, diretamente, focado em um objetivo, as relações e as trocas fluem naturalmente. Em muitos casos ocorre exatamente o contrário: ao invés de você buscar a oportunidade com o networking, é o networking que vai gerar uma oportunidade.

2. Participe de outros eventos

Expandir a mente e as relações é uma atitude saudável e profissional em todos os sentidos. É preciso ter consciência de que enquanto você se relacionar com as mesmas pessoas e ir nos mesmos lugares você terá as mesmas informações.

Participe, sempre que possível, de eventos, projetos e cursos, sejam eles da sua área ou não. E, principalmente, interaja com pessoas diferentes de você. É na diversidade que ocorrem as melhores experiências.

3. Não julgue para não ser julgado

Isso vale para a vida! Não menosprezar o que o outro tem para te oferecer é algo essencial na construção do caráter.

Muitas pessoas que, às vezes, julgamos não ter nada a nos oferecer, podem ser aquelas que irão nos surpreender, em vários aspectos. Afinal de contas, o conhecimento não é único. Além disso, elas podem também estar precisando de uma ajuda extra.

4. Faça conexões

Quando utilizamos a palavra networking para nos referir à rede de contatos, não é à toa. Você já viu uma rede com somente dois fios se conectando?

Para que o verdadeiro networking funcione é preciso pensar em várias conexões. Mesmo que você não consiga ajudar diretamente o outro, pode conhecer alguém para indicar. Neste contexto é preciso muito mais que uma boa memória como também uma pré-disposição em conhecer as pessoas e fazer uso da empatia.

5. Cumpra suas palavras

Se você disser que vai fazer algo, faça! Seja uma ligação para indicar alguém, seja para enviar seu currículo. As pessoas que cumprem sua palavra, por mais simples que seja, demonstram credibilidade, organização e respeito pelo outro.

A partir dessas, você pode realizar diversas outras atitudes que irão contribuir para o verdadeiro networking. Pense nisso e crie suas próprias regras. Como todo hábito, um dia isso se tornará uma excelência. Quando você perceber muita coisa irá acontecer naturalmente. Você vai perceber o quanto tem influenciado positivamente na vida de outras pessoas.

Esse é o verdadeiro ganho. Pense que o que você receber em troca é o meio, não o fim.

O PRA SEMPRE também é isso: uma rede de milhares de profissionais que se unem em uma mesma filosofia! Acesse o site do programa para saber como melhorar seu networking.

Adriana Neves concluiu o MBA em Gestão de Pessoas no UNISAL Lorena em 2014. Atualmente é Assistente de Comunicação e Marketing.

carreiras-juridicas-unisal

O que te espera em 2016? Teremos muitas oportunidades na área jurídica por conta do cenário de instabilidade econômica que o Brasil está vivendo.

A reportagem foi publicada pela Revista Veja aponta 11 carreiras mais promissoras para 2016. Entre elas estão em destaque  4 carreiras jurídicas, todas elas ligadas ao gerenciamento, controle, planejamento e gestão de interesses de ordem financeira ou econômica, buscando prevenir, estruturar e efetivamente “driblar a crise”!

Vejam quais são as 4 oportunidades e os detalhes sobre as referidas atuações:

 

1 – Gerente Tributário

Garante que a sua empresa está em dia com as obrigações fiscais, dá suporte a áreas internas em consultoria tributária e mantém foco no estudo de incentivos, regimes especiais e novas legislações com o objetivo de reduzir a carga tributária e aumentar a eficiência do negócio. Perfil para o cargo: Formação em Ciências Contábeis ou Direito, com especializações em direito tributário e bom domínio do inglês. Passagem por consultorias big four (grupo das quatro maiores empresas contábeis especializadas em consultoria: EY, PwC, Deloitte e KPMG) é um diferencial. Por que estará em alta em 2016: Com o atual governo mirando aumentar a arrecadação dos impostos, somado as frequentes alterações na legislação brasileira e novos projetos em fase de implementação (como o e-Social), a expectativa da Michael Page é que esta área continue em alta no radar das empresas. Salário: Entre 12 000 e 17 000 reais.

 

2 – Head do Departamento Jurídico

É o responsável por todas as demandas jurídicas da empresa. Será responsável também pelo orçamento da área e gestão de equipe. O head fica encarregado de pensar em maneiras de “baratear” os processos jurídicos de uma companhia, buscando brechas na legislação, por exemplo. Perfil para o cargo: Formação em Direito ou Administração e domínio de inglês indispensável. Habilidade em gerir escritórios. Facilidade em relacionamento com as outras áreas de negócio. Saber como transitar entre as áreas da empresa é hoje algo considerado essencial para este profissional. Perfil de liderança para exercer uma boa gestão de sua equipe. Por que estará em alta em 2016: No cenário atual, considerando o momento em que o Brasil está passando, as empresas têm tomado uma postura de corte de custos e consequente redução de pessoal – no departamento jurídico, as empresas têm contratado o head, responsável por muitas funções do setor jurídico, em detrimento de um diretor, por exemplo, que tem salário maior. Salário: Entre 10 000 e 15 000 reais.

 

3 – Gerente de Contencioso de Volume

É responsável por conduzir operações que lidam com um alto volume de processos jurídicos. O gerente de contencioso de volume realiza as tarefas que são penasdas pelo head: é ele que fica encarregado de dar seguimento nas ideias de melhorias que o head elaborou para cada processo jurídico. Perfil para o cargo: Mais do que a habilidade técnica, este profissional terá que ter competências administrativo-financeiras para gerir um alto volume de processos. Deve ser um bom desenvolvedor de estratégia para aumentar rentabilidade, ter foco em resultados com grande eficiência e com isso garantir a manutenção dos clientes. Por que estará em alta em 2016: A área cível, ações de recuperação de créditos e indenizatórias bem como a área trabalhista terão muita demanda, em vista do alto volume de demissões ou rescisões que ocorreram em 2015. Salário: Entre 9 000 e 14 000 reais.

 

4 – Advogado Sênior ou Gerente na área de M&A

Normalmente compõe a área jurídico-consultiva da empresa ou escritório. É responsável pela elaboração desde atos societários mais simples aos mais complexos, que compõem as operações de M&A (ou F&A – fusões e aquisições de empresas). Perfil para o cargo: Habilidade técnica e experiência em execução de fusões e aquisições de empresas. Inglês indispensável, já que muitas das operações envolvem investidores estrangeiros. Por que estará em alta em 2016: No atual cenário político-econômico e a alta do dólar, a tendência é de que investidores estrangeiros façam aquisições de empresas nacionais que estão desvalorizadas. Assim, a expectativa do profissional desta área deve ser positiva tendo em vista o alto volume de M&A esperado no pipeline dos próximos meses. Salário: Entre 11 000 e 17 000 reais.

 

Entenda, inclusive, que no geral, as referidas atuações não dependem nem estão atreladas ao “recesso forense”. “Fórum fechado” não significa “mercado fechado” . Nas áreas acima, advogados do consultivo e de assessoria estão efetivamente ligados ao cotidiano da empresa e não ao cotidiano do Fórum.Diante disso, se você atua como advogado na área empresarial, seja em departamento jurídico seja em escritórios, esteja atento para referidas oportunidades. Este roteiro nos auxilia a compreender a necessidade do cliente e quando há necessidade devemos criar oportunidades!

Sucesso em 2016!!!

 

Luis Fernando Rabelo Chacon concluiu o curso de Direito no UNISAL Lorena em 2000. Atualmente é professor e advogado.

 

workshop-carreira-am-09-09-15-4

UNISAL – Centro Universitário Salesiano de São Paulo, Unidade Americana, Campus Maria Auxiliadora, recebeu egressos e grandes empresas da região, no I Workshop de Carreiras, em 09 de setembro, Dia do Administrador.

O evento teve como objetivo proporcionar aos estudantes a oportunidade de conhecer programas de estágios e trainees das maiores empresas do país e a atuação dos egressos do UNISAL dentro das organizações.

Na abertura do evento, os participantes assistiram a apresentação musical dos alunos de Administração e convidados: Felício Neto, no violino, Fabrício na viola arco e Gabriel no violino.

A professora Regina Penachione fez a abertura do evento, dando as boas-vindas a todos, e parabenizou os profissionais e futuros administradores, ressaltando o comprometimento do administrador com uma gestão ética.

Em seguida, as alunas de Administração Bruna Ceconello e Thaynara Zorzenon apresentaram suas pesquisas do Bic-Sal, contando como foi o ingresso delas no projeto e como estão desenvolvendo seus trabalhos.

workshop-carreira-am-09-09-15-3

Na sequência, os egressos Marcos Trevisan Borsato, Viviane Crevelari do Prado, Eduardo Martins, José Silvino de Morais, Márcio Varella e Luiz Gustavo Migotti falaram sobre empregabilidade e receberam um singela placa em homenagem aos seus trabalhos na sociedade.

Também estiveram presentes Eliana Ferraz Hara – Consultora da JM Consultoria, Mariana Pasquali Marconato Mancini, representante da empresa AVON, Paulo Berbel – Coordenador do Programa de Trainee da 3M do Brasil e Mariana Neves – responsável do CIEE pelos programas de estágios da 3M do Brasil.

FORMATURA-FILOSOFIA-2014 (4)

O Programa de Relacionamento com o Ex-Aluno do Centro Universitário Salesiano de São Paulo – UNISAL – Unidade Lorena iniciou uma pesquisa junto aos formandos e ex-alunos para saber como estão atuando em sua profissão e como está o mercado de trabalho.

A pesquisa pretende levantar informações sobre a participação dos egressos no mercado de trabalho e o quanto a formação recebida no UNISAL está presente no exercício da profissão.

As informações obtidas com a pesquisa serão encaminhadas aos cursos e poderão contribuir para possíveis ajustes e atualizações que levem à melhoria da educação oferecida pelo UNISAL.

Caso o egresso tenha realizado mais de um curso no UNISAL Lorena, deverá preencher as informações sobre o último curso concluído.

Ao responder ao questionário, todos concorrerão a três kits de livros de sua área.

No site da pesquisa estão disponíveis dois breves questionários, para serem respondidos de acordo com cada perfil (formando ou ex-aluno). Em caso de dúvidas, os participantes podem escrever para adriana.neves@lo.unisal.br.

Para acessar a pesquisa, clique no botão correspondente ao seu perfil até o dia 09 de fevereiro de 2015.

*Período para participação encerrado. Em breve o resultado do sorteio.