De 27 a 31 de maio o UNISAL abriu as portas para a realização da 6ª Semana de Capacitação de Professores do Consórcio STHEM Brasil, em Lorena.

Ao longo de seis anos de projeto, cerca de 10 mil professores de diversas instituições de ensino superior brasileiras foram formados por meio da rede de cooperação em inovação acadêmica.

Em 2019, 170 docentes de 51 instituições participaram dos cinco dias de formação. Dentre eles, a Professora e Ex-Aluna do UNISAL- Unidade Lorena, Daisy Rafaela.

Sem título

Além, da Coordenadora Pedagógica do UNISAL, Regina Maria Matos.

Em 2019, a programação contou com novidades. Além dos tradicionais workshops com professores de Laspau (Harvard), foram estabelecidas parcerias com outras instituições internacionais que permitiram aos participantes conhecer as tendências em inovação educacional em todo o mundo.

Na abertura da semana, 27/05/19, o Presidente do Consórcio, Diretor de Inovação do SEMESP e Professor do UNISAL, Fábio Reis, afirmou que a capacitação de sobre inovação acadêmica de maneira sistêmica é o caminho para pensar a Educação 4.0. Atribuiu aos parceiros o segredo do sucesso do Consórcio, que nasceu em 2013 com pouco mais de 11 instituições, e que, em 2019, uniu mais de 50 IES. “Somente este ano, estamos investindo mais de US$ 90 mil na formação de vocês. Já imaginou uma única instituição sozinha poder fazer esse investimento em seus docentes? Por isso, a importância do Consórcio para unir esforços, promover a sustentabilidade e a valorização da pesquisa e da inovação”, revelou Fábio.

O evento de abertura também contou com a Direção do UNISAL, Professores Grasiele Nascimento e Padre Sérgio Augusto Baldin, que deram as boas-vindas, agradeceram a presença e o encorajamento de todos, além de afirmarem que a inovação deve ser trabalhada juntamente com os valores e a missão de cada IES consorciada.

Na programação, pesquisadores de novas instituições promoveram as atividades.

No primeiro dia, David Cohen, da Universidade do Texas, falou sobre a aprendizagem por meio dos jogos. Cohen é autor do livro “Producing Games” (2009), um guia sobre o papel do produtor em desenvolvimento e publicação de videogames, e é também “aspirante a autor” e ilustrador de livros infantis.

No dia 28/05, Isabel Hilliger Carrasco – Diretora de avaliação do curso de Engenharia da PUC/Chile, falou sobre cases de sucessos de estudantes com a aprendizagem da inteligência artificial. Atualmente, ela realiza o PhD em Ciência da Computação pela Pontifícia Universidade Católica do Chile. Sua pesquisa se concentra no uso de ferramentas analíticas para melhoria curricular e garantia de qualidade no ensino superior.

Em 29/05, Amon Millner – da Ollin College, dividiu com os docentes as experiências da integração de espaços criadores e educação. O docente tem vasta experiência no desenvolvimento e implantação de sistemas tecnológicos que permitem aos iniciantes inventarem suas próprias interações entre o mundo físico e o mundo digital.

 No dia 30/05, Dale Johnson – da Universidade do estado do Arizona, falou sobre Sistemas instrucionais adaptativos: avaliação e implementação para trilhar o caminho certo. O palestrante é vencedor do Prêmio Sally M. Johnstone, em 2016 da WCET, sendo reconhecido pela liderança de pensamento, excelência na prática e capacidade de liderança demonstrada.

No último dia de formação, um docente brasileiro foi convidado para encerrar as atividades. Adriano Canabarro Teixeira, da B-LAB Learning Space e Universidade de Passo Fundo (UPF), falou sobre o tema “Criar nos faz humanos | O poder do digital em nos fazer autores”. Pós-doutor em Educação e Pós-doutor em Informática na Educação, ele é também idealizador de projetos na área de programação de computadores para crianças e de formação docente.

Ao longo da formação, os participantes também contaram com material de apoio das oficinas e partilhar feedbacks sobre aprendizagem e experiências.

Para novos integrantes e antigos participantes, fica sempre a grata surpresa da aprendizagem.

Colleen Silva-Hayden, Diretora de Inovação da Universidade (LASPAU- HARVARD). “A inovação acadêmica fazendo parte da vida de cada um de vocês, em suas diferentes atribuições nas universidades consorciadas: essa é nossa missão”.

Amon Millner – da Ollin College, fez uso de música e dança para ministrar sua atividade. (Confira AQUI) “Pela primeira vez participo do Consórcio como palestrante, mas não é a primeira vez que venho ao Brasil. Gosto muito de visitar esse país, acredito na força do Brasil e vejo aqui muitos professores engajados com o assunto. Ou seja, sou eu quem aprendo com eles”.

Confira fotos dos dias de formação. Além da tradicional foto oficial do evento.

Saiba mais sobre o Consórcio STHEM Brasil. Acesse: www.sthembrasil.com