jose rodrigo- site 2Egresso do Direito era servente de pedreiro e agora é advogado. Colaboradora aprendeu a ler aos 26 anos

Seu nome é José Rodrigo de Jesus Souza. E a inspiração divina no nome também é algo presente na vida real. José, 34 anos, casado, pai de um menino de cinco anos, é Ex-Aluno UNISAL do Curso de Direito, em Lorena (turma 2016). A colação de grau no início de 2017 foi apenas sinônimo de tanta determinação.

O ex-servente de pedreiro hoje comemora a aprovação no Exame da Ordem e o início do ingresso na carreira de advogado.

A vida de José pode ser dividida em capítulos

Sonho de fazer Direito

A vontade começou na adolescência. Aos 13 anos já conversava com os amigos que queria ser advogado.  Mas, ao mesmo tempo em que sonhava, pensava também que havia 99% de chance de não conseguir. “Parecia uma realidade muito distante para mim”.

Parou de estudar no 1º colegial, em escola pública, e concluiu o ensino médio pelo EJA (Educação de Jovens e Adultos) em Taubaté, aos 19 anos.

A preparação para o Vestibular de Direito começou bem antes do ano que antecedeu o processo seletivo (2012). “Eu carregava livros na bicicleta quando ia para o trabalho de servente de pedreiro. As pessoas diziam que eu era louco”, afirmou José.

Ingresso e rotina na Faculdade de Direito

Somente aos 27 anos José conseguiu passar no vestibular. Mas antes de sentar na cadeira e assistir as aulas, ele contou com anjos que o ajudaram na inscrição para o vestibular.  Por estar desempregado, foi no banco que ele conseguiu um empréstimo e, logo após concluir a inscrição, contou sua condição financeira e social e teve o apoio da instituição de ensino na concessão de bolsa.

Ao longo dos cinco anos de faculdade (2012 a 2016), sempre viveu de bicos e obras.

Daí, foi só ingressar no estudo, recorrer aos livros e contar com a ajuda de professores, dentre eles, o coordenador do Curso, Bruno Creado. “É motivo de inspiração para nós vermos José conquistando seu sonho. Sempre foi muito determinado, estudava firme nos cursinhos que ofertávamos, em especial, no preparatório para OAB”, revelou Bruno.

Profissão e realidade atual

Depois de concluir o curso e participar da colação de grau, em fevereiro de 2017, José se preparou para a segunda fase do Exame da Ordem. A primeira fase ele havia feito em novembro de 2016, quando passou. A segunda fase teve aprovação em maio de 2017.

Já com o curso concluído, mas enquanto aguardava o resultado do Exame da OAB que lhe dá o direito de exercer a profissão, José trabalhou como servente de pedreiro no UNISAL Lorena, no segundo semestre de 2017.

Foi também em outubro de 2017 que ele começou a exercer a profissão.

Ainda sem escritório, atualmente José vai até à casa de seus clientes, além de atender no Fórum de Lorena. José atende na área cível, mas o início da profissão é um campo vasto para o conhecimento. “Hoje eu recebo casos penal, cível, trabalhista  e tributário”, destacou.

Colaboradora do UNISAL aprende a ler aos 26 anos, com a filha de 6

 SELMA TEODORO- ARQUIVO VANGUARDA MIX (6) siteSelma Teodoro tem 41 anos hoje, é auxiliar de limpeza do UNISAL, em Lorena.  Aprendeu a ler aos 26 anos, junto com a filha, que tinha por volta de 6 anos na época. A colaboradora sempre escondeu do marido o segredo.  Mas um dia ele descobriu, pois pediu à ela que ensinasse a filha ler.

 Selma, então, optou pela verdade. E a rotina de estudos nunca mais parou.

Ela aprendeu a ler e concluiu ensino médio aos 39 anos (2016),  passou no vestibular de Psicologia UNISAL (2018), o que sempre foi um sonho. Hoje Selma coleciona vitórias ao aprender com a filha inúmeras leituras.

Gratidão aos anjos e à instituição que os ajudaram neste processo

Determinação é o que define José. Mas a ajuda de muitos docentes, discentes e anjos anônimos, também o trouxe até o diploma e à nova vida.

O capacete, a luva, a máscara e outros produtos utilizados por um pedreiro, hoje, só são usados na obra que ele continua a realizar em casa. Esses equipamentos deram lugar ao terno e aos livros, que ele se orgulha em mostrar. “Voltar ao UNISAL provoca em mim uma sensação de gratidão enorme e até de emoção. Aqui vivi um sonho e realizei”, concluí José.

Selma é grata à todas as dificuldades que enfrentou na vida, pois foram elas, segundo a colaboradora, que a impulsionaram a querer mais.

 O UNISAL parabeniza essas duas histórias lindas, que chamaram a atenção da mídia e ganharam destaque no Programa e rede social do Vanguarda Mix, afiliada da Rede Globo.

 Confira as reportagens no Programa Vanguarda Mix

Selma Teodoro-(Rede social, Fanpage dia 24/03/18) https://www.facebook.com/VanguardaMix/videos/1888669627850200/

José Rodrigo Sousa-   (Programa dia 24/03/18) http://redeglobo.globo.com/sp/tvvanguarda/vanguardamix/videos/t/edicoes/v/conheca-a-historia-de-superacao-de-jose/6604784/

SELMA TEODORO- VANGUARDA MIX (2) site

JOSE RODRIGO E BRUNO CREADO- UNISAL- VANGUARDA MIX (2) site