Responsabilidade Social na Indústria – Apreciação de risco em operação de ponte rolante visando a integridade física do trabalhador

Eliezer Cesar de Carvalho

Resumo: Após a Revolução Industrial, as empresas precisaram inovar para serem competitivas, podendo assim, garantir sua sobrevivência no mercado. Acontece que parte dessa inovação foi a substituição do capital constante pelo capital variável, segundo a teoria de Karl Marx, ou seja, as empresas passaram a substituir a mão de obra por máquinas para acelerar a busca do excedente econômico. Essa substituição provocou um significativo aumento nos índices de acidente de trabalho, inclusive aumentando a gravidade dos danos causados aos trabalhadores. As pontes rolantes, por exemplo, facilitam a movimentação de cargas que antigamente precisariam de centenas de homens para movimentar, porém é necessário tomar vários cuidados para evitar acidentes que podem ser fatais. Portanto, visando a responsabilidade social em garantir a integridade física do funcionário, para que o mesmo possa chegar a sua casa em condições de dar atenção aos seus filhos, companheira(o), etc; existem vários métodos aplicados na Engenharia de Segurança do Trabalho e Ergonomia, um deles é a Apreciação de Risco, o qual será mencionado no decorrer desse artigo.

Palavras-chaves: 1. Responsabilidade social; 2. Apreciação de risco; 3. Segurança.

Trabalho Completo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>