Docente salesiano participa de encontro continental sobre catequese nos Estados Unidos

De 24 a 27 de julho de 2017 foi realizada a VII Jornada de Estudos Catequéticos na Arquidiocese de Boston (EUA). O evento é uma iniciativa bienal que ocorre em diversos pontos no centro e sul do continente americano, promovido pela Sociedad de Catequetas Latinoamericanos (SCALA).

Neste ano a Jornada foi integrada por inúmeros agentes latinos de pastoral, sobretudo de catequese, que trabalham com migrantes de língua castelhana e portuguesa nos Estados Unidos. Trata-se de um público extremamente amplo: segundo o Card. Sean Patrick O’Malley, que fala perfeitamente em português, só na Arquidiocese de Boston há 200.000 brasileiros.

O tema do encontro, “Catequese na América: desafios e esperanças num continente em mudanças”, foi escolhido com o objetivo de impulsionar o caminho da renovação catequética a partir das realidades cambiantes de hoje e à luz das orientações eclesiais. Também simboliza a comemoração e retomada das grandes linhas renovadoras do Diretório Geral para a Catequese (20 anos), de Aparecida (10 anos) e do recente documento do CELAM: A Alegria de Iniciar Discípulos Missionários, de 2015.

A Jornada foi muito produtiva e com conteúdos substanciosos, auxiliada pelo desenvolvimento e cultura pragmática estadunidense de proficiência e agilidade. Todas as palestras e comunicações foram previamente enviadas, de modo que durante as Jornadas de Estudo os autores tinham apenas de 10 a 15 minutos (5 para as comunicações) para pontuar as questões previamente estudadas, e o restante do tempo era dedicado à discussão e debate entre os participantes. Ao todo foram seis dias muito bem aproveitados, contando ainda com momentos de visitas em obras significativas de evangelização da Arquidiocese de Boston, entre elas a Paróquia São Tarcísio, dos brasileiros.

Luiz Alves de Lima, professor do UNISAL – Campus Pio XI, foi um dos quatro brasileiros presentes na Jornada. Além de ter sido presidente da SCALA por oito anos, ele foi homenageado também por integrar o grupo de fundadores da associação – composto por seis pessoas no total, sendo P. Lima o único presente no evento deste ano. Marcaram presença mais quatro salesianos (as) do Uruguai, Brasil, Peru e Venezuela e inúmeros ex-alunos que se tornaram membros da SCALA, sobretudo mestres e doutores formados pela Universidade Pontifícia Salesiana (UPS) de Roma. Além dos 22 membros da associação, também foram convidados cerca de 15 catequetas latinos que trabalham nos Estados Unidos.