Menu

Por que é tão difícil escolher a profissão a seguir?

setembro 29, 2016 - Cursos e Carreira
Por que é tão difícil escolher a profissão a seguir?

Vamos imaginar por um momento: você é um jovem no auge dos seus 18 anos (ou uma idade próxima disso) que está terminando de concluir o Ensino Médio e esperando pelas provas do vestibular e ENEM que se aproximam.

Esse é um momento pelo qual todos passam ao final do Ensino Médio, e para muitos a escolha da profissão já é algo que vem desde a infância, talvez por uma influência familiar ou então por algum sonho ou objetivo a ser alcançado. No entanto, para muita gente, a escolha da carreira a ser seguida não é algo tão simples, e pode se tornar um problema muito maior do que realmente é.

Antes de continuarmos é bom deixarmos uma coisa clara: a profissão escolhida neste ou em outros momentos não é algo permanente. Sempre é possível trocar de curso caso você não se sinta confortável ou feliz com o que está fazendo e estudando, então não se preocupe tanto. Além disso, é bastante normal que ao longo da carreira surjam outras oportunidades de atuação, então sempre é possível conhecer outros nichos da profissão.

Agora é hora de nos perguntarmos? Por quê é tão difícil escolhermos a profissão a seguir? Bom, para começar, a idade dos 17 e 18 anos, em que a maioria deve se encontrar nesse momento, é muito jovem para decidir algo que, na visão de muitos, vai ser seguido por um período da vida.

A pressão nesse momento é grande demais, e as notícias sobre desemprego, salários, pessoas bem sucedidas, entre outros assuntos, só alimentam ainda mais a ansiedade e a cobrança para se fazer uma boa escolha. Não é de se estranhar que muitos jovens acabam indo para algum Cursinho por não saberem o que querem, ou então saber que, de acordo com pesquisas realizadas pelo MEC, mais de 20% dos estudantes acabam desistindo do curso no primeiro semestre ao perceberem que escolheram errado.

Outro ponto que devemos prestar atenção é na grande quantidade de opções de cursos existentes nos dias de hoje, e isso aliado ao fato dos jovens estarem cada vez mais multidisciplinares, o que também é incentivado pelas empresas, faz com que muitos acabem pensando em 2 ou mais cursos de uma vez para prestarem. E acho que não precisamos dizer que prestar mais de 1 curso pode ser bem sufocante e puxado para a maioria dos jovens, né?

Para evitar esse tipo de coisa, existem algumas dicas que podem te ajudar, como já citamos aqui no Blog. É sempre bom pesquisar a fundo sobre os diferentes cursos e carreiras que podem ser de seu interesse, além de procurar saber sobre o mercado de trabalho de cada um delas, fazer testes vocacionais, conversar com amigos, familiares e alunos de universidades, entre muitas outras dicas. No entanto, é sempre bom ter em mente que não há uma fórmula mágica, o aluno deve seguir sua intuição e aquilo em que acredita.

Na hora de escolher uma profissão, a calma é o ponto-chave. Informe-se sobre os cursos e mercado de trabalho de cada um, saiba bem o que você gosta de fazer para ver a área na qual você se encaixa e corra atrás da sua carreira!

No UNISAL existem diversas opções de cursos de Graduação nas mais diversas áreas, e os eventos do Decida-se podem te ajudar a decidir qual caminho seguir nesse momento difícil.