Migração: uma questão teológica?

São Paulo / Pio XI

  1. Duração do curso

    De 09.03 a 08.06.2017.
    Recesso: 13.04.2017.
    13 encontros = 26h/a

  2. Turno das aulas

    Noturno

  3. Horário das aulas

    Quintas-feiras das 20h às 21h40

  4. Investimento

    3x R$ 79,90.

O interesse de estudar e refletir teologicamente as migrações nasceram a partir do testemunho da Missão Scalabriniana Nossa Senhora da Paz. Uma obra religiosa católica, em São Paulo, presente desde meados da década de 1940, que através de seus vários serviços trabalha com os imigrantes e refugiados. Nossa intenção é mostrar alguns aspectos da Teologia das Migrações, tendo presente que esta reflexão, apesar de recente, possui estatuto epistemológico revelado através de alguns teólogos. Destacamos os trabalhos de síntese feitos pelo teólogo italiano Gioacchino Campese. As migrações são um dos eixos fundamentais da existência humana. E não é um fenômeno moderno ou pós-moderno e sim humano, que já atingiu proporções de crise global graças ao progresso extraordinário em campos de comunicação e transportes. Os meios de comunicações promovem as informações que atravessam fronteiras. As pessoas podem atravessar continentes e oceanos hoje com maior facilidade e rapidez do que séculos atrás. E isso tem permitido a muitas pessoas a se moverem! A expansão da migração no contexto da sociedade globalizada fez com que este tempo fosse denominado como a “era das migrações”.

Objetivos

Este curso tem como objetivo apresentar sumariamente a recente reflexão teológica sobre as migrações.

Pré-requisitos e público-alvo

Todos os interessados

Método de Ensino

– Aulas expositivas
– Leitura de textos
– Projeção
– Vídeos

Programa / Temas

A teologia contemporânea e suas perspectivas
A era das migrações: visão panorâmica da mobilidade humana atual (internacional e nacional)
As migrações como lugar teológico e sinais dos tempos
A metodologia da teologia das migrações
Desafios pastorais