Unisal - Centro Universitário Salesiano de São Paulo Imprensa

12 set

Doutrina Social da Igreja e Direitos Humanos: Fidelidade Criativa ao Movimento de Jesus

.

evangelli-gaudium

É preciso compreender a Doutrina Social da Igreja como uma construção histórica que se desdobra de um processo de compreensão hermenêutica do próprio movimento de Jesus. Buscando seguir Jesus Cristo bem de perto, a Igreja em sua atuação pastoral foi construindo documentos e mecanismos de ação no mundo, que a mantivessem em fidelidade criativa com os princípios fundamentais da prática de Jesus. Tendo como inspiração e modelo exemplar os valores basilares apresentados na dinâmica do movimento de Jesus, a Doutrina Social da Igreja desponta como referencial imprescindível a definir e nortear a presença e inserção da Igreja no mundo.

Dentre tantos aspectos fundamentais a emergirem da proposta de vida e sociedade ofertada pelo movimento de Jesus, a dignidade e centralidade da vida humana talvez possam constituir-se como o ponto mais genuíno, o elemento síntese de tudo que Jesus Cristo nos comunica. Os gestos, palavras e ações de Jesus se colocam sempre na direção de elevar e dignificar a vida humana, que é compreendida como dom e graça divina. A partir dos ensinamentos de Jesus, a legitimidade de estruturas políticas, de sistemas econômicos, de organizações sociais, de tradições culturais etc, deve ser mensurada tendo como referência a capacidade de promover mais vida, de maneira abrangente, abundante e plena.

A Doutrina Social da Igreja, como instrumento de releitura e atualização da prática de Jesus, também assume o ser humano e a dignidade de sua existência como foco de suas preocupações. O amor a Deus e a fidelidade ao legado de Jesus se manifestam no serviço à vida, que deve ser plena de possibilidades, tanto materiais quanto espirituais. A afirmação da dignidade humana, fundamentada na compreensão da vida como manifestação da graça e dom de Deus, emerge como clave hermenêutica do Movimento de Jesus.

Na medida em que as demandas dos direitos humanos avançam na direção de resguardar e promover a vida, em toda sua complexidade, torna-se imperativo reconhecer que tais demandas encontram-se em estreita relação com o arcabouço da Doutrina Social da Igreja. A perspectiva de ressaltar, evidenciar a dignidade da pessoa humana, independente de qualquer situação que esteja envolvida, aproxima e vincula, em definitivo, a Doutrina Social da Igreja à abordagem dos direitos humanos.


prof-adelino-dsi

Prof. Dr. Adelino Francisco de Oliveira- Graduado em Filosofia pela Universidade São Francisco (1996), mestre em Ciências da Religião, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2004) e doutor em Filosofia, pela Universidade Católica Portuguesa (2013). Atua como docente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo.

.

Comentários

0 Comentários

Os comentários estão fechados.

Leia Também